Lendo agora
Com formato de pimenta, Uva Dedo-de-moça chama a atenção

Com formato de pimenta, Uva Dedo-de-moça chama a atenção

      A “sweet sapphire” (safira doce, na tradução do inglês) está ficando cada vez mais conhecida como uva dedo-de-moça por ser alongada como a pimenta de mesmo nome -, é uma variedade sem sementes.

      Originária da Califórnia (EUA), é produzida no país em Petrolina (PE), pela fazenda Labrunier, do Grupo JD, que a distrbui para redes de supermercados, como Walmart e Carrefour, e para fornecedores da Ceagesp (Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo), além de exportá-la para a Inglaterra.

      Além do formato, a espécie se destaca por não possuir sementes e ser muito doce.

      A variedade pode ser encontrada com mais facilidade em bairros nobres de São Paulo e Rio de Janeiro, e em capitais das regiões Nordeste e Sul.

uva-1385992875181_640x360

      A uva passou a ter produção comercial em 2014 e agora chega aos consumidores em maior quantidade.

      Mas o volume de produção ainda é pequeno, quando comparado ao de variedades mais conhecidas. São cerca de 400 toneladas por ano, metade destinada à exportação.

      De acordo com Daniel Watanabe, diretor comercial da Labrunier, a “sweet sapphire” ocupa 15 dos 882 hectares de plantios da empresa, especializada na produção de uvas sem sementes.

25-semillas-de-uvas-dedo-de-bruja-la-uva-mas-rara-del-mundo-744311-MLM20526213299_122015-F

      A uva thompson, uma variedade mais conhecida, em comparação, é plantada em 100 hectares, com colheita de 2.000 toneladas.

Veja também

      A uva é vendida a estabelecimentos de menor porte e a comerciantes do Mercado Municipal Paulistano, conhecido como Mercadão.

      A produção da “sweet sapphire” acontece de maio a novembro, mas pode ser encontrada no mercado ao longo do dezembro.

uva-1385992874683_640x360

Fonte – Vino Emporium

Comments

comments

Comentários (12)

Deixe uma rsposta

Your email address will not be published.


© 2020 Blog da Plantei. Todos os Direitos Reservados.
Voltar para o topo