10 melhores cultivos para fazer temperos naturais

12 Comentários

     Não é segredo pra ninguém que o sódio excessivo é um grande risco para a saúde. Aumento na pressão arterial, inchaço e retenção de líquido são apenas alguns dos malefícios causados por ele.

     Substituir o sal é uma ideia interessante e que deve ser levada em consideração. Algo que fará toda a diferença não só em suas receitas, mas em sua vida.

     Você pode fazer isso utilizando temperos saborosos e naturais. Obviamente, não é preciso abandonar completamente o uso do sal (até porque ele possui um papel importante em nossa saúde). A questão é evitar os exageros.

     Confira 12 temperos naturais que são ótimos aliados.

Alho

     Esmagado, picadinho, espremido ou até mesmo inteirinho no forno ou dentro de algum caldo, o alho é sem dúvidas um dos temperos mais saborosos e aromáticos da cozinha.

     Rico em vitamina C e selênio, o alho ajuda a prevenir muitos tipos de câncer e mantem a saúde da floral intestinal. Ele também combate os radicais livres e tem efeito anti-inflamatório. Sem contar que é uma delícia, né!

     
Cebola

     A cebola é perfeita para refogar diversos tipos de alimentos e junto com o alho, forma a dupla ideal para trazer ainda mais sabor às refeições sem uso excessivo de sal.

     Usada crua em saladas, vinagretes e outros preparos, fica deliciosa caramelizada.

     A prevenção de doenças cardiovasculares e a inibição de fungos e bactérias no nosso corpo são apenas alguns dos benefícios trazidos pela cebola.

Gengibre

     O gengibre é muito utilizado em sucos detox e chás. De gosto característico, ele previne náuseas, dores de cabeça, enjoo, azia, resfriados e cólicas.

     Possui um sabor levemente picante, e pode ser usado fresco, em infusão com sopas e caldos, picado, em massas, pratos de sabor forte ou até mesmo em pó, para dar um gostinho todo especial e exótico a peixes, legumes e carnes.

 

Tomilho

     O tomilho também é um tempero natural com propriedades antibacterianas e anti-inflamatórias. Suas folhinhas possuem aroma marcante.

     Ele é ideal para o tempero de legumes e carnes. Se usado fresco, pode ser amarrado em um buquê que fica em infusão na panela ou forno.

     Mas, se for utilizado seco, o ideal mesmo é espalhar folhinhas pela comida para fugir do excesso de sal.

Folhas de louro

     As folhas de louro ajudam a deixar os pratos mais saborosos sem precisar do uso excessivo de sal e são super aromáticas.

     Possuem propriedades antibacterianas e anti-inflamatórias, ajudam a prevenir doenças cardiovasculares e têm uma grande variedade de antioxidantes e contribuem para a digestão.

     As folhas de louro podem ser utilizadas frescas, secas ou até mesmo em pó. Geralmente são colocadas em molho de tomate, feijão, arroz e nos conhecidos cozidos de carne. Delícia, viu!

Cúrcuma (açafrão-da-terra)

     O conhecido açafrão se parece um tanto com o gengibre, mas sua coloração amarelada é bem mais intensa.

     O sabor também levemente picante combina mais com pratos salgados do que com chás. Diferente do gengibre.

     Pode ser usado em legumes, carnes e com as combinações mais comuns: arroz e frango.

     Seus benefícios principais são o combate à depressão, à acne até mesmo às doenças neurodegenerativas. Como exemplo, o Alzheimer.

     Além de tudo isso, a cúrcuma também auxilia na inibição da produção de gordura no organismo. Demais, né!

Páprica

     Já ouviu falar nela? A páprica é cheia de vitaminas e possui ação anti-inflamatória. Ajuda a aliviar a dor, inchaço e é uma ótima fonte de antioxidantes.

     A páprica é feita a partir do pimentão seco e, às vezes, defumado. Isso lhe dá um sabor ainda mais intenso, ideal para substituir o sal.

     Existe na versão picante e doce.

     A versão picante ajuda a reduzir a pressão arterial e é utilizada principalmente em carnes. A doce, combina perfeitamente com legumes, no feijão e no molho de tomate.

Mostarda

     Ela é termogênica (contribui para acelerar o metabolismo e assim, a perda de peso), cheia de oxidantes, fibra alimentar e ainda alivia problemas respiratórios.

     A mostarda pode ser utilizada em patês, carnes, saladas, nos famosos e conhecidíssimos sanduíches e muito mais. Como por exemplo, em pó, pasta, sementes ou folhas.

     Cada uma delas com diferentes benefícios para o nosso organismo.

Sálvia

     As folhas de sálvia são utilizadas como remédio caseiro para auxiliar no combate de vários males, como por exemplo, a ansiedade, a sinusite, o reumatismo e até mesmo cálculo renal, devido ao seu potente poder antioxidante, antibiótico e antibacteriano.

     Já na cozinha, a sálvia é utilizada seca, fresca ou em pó, para realçar o sabor de pratos salgados como peixes, carnes, massas e molhos.

     Também é muito usada para preparar deliciosos chás e estimulantes.

Cominho

     O cominho é rico em ferro, vitamina B1 e vitamina B2. Ele é ótimo para a pele, para a memória e além disso, auxilia na desintoxicação do fígado. Pode até mesmo prevenir alguns tipos de câncer.

     As sementinhas usadas podem ser colocadas inteiras nos pães, por exemplo, mas também podem ser moídas em praticamente qualquer prato salgado.

     Elas proporcionam um aroma todo especial, de dar água na boca.

     Curtiu conhecer todos esses temperos naturais? Você encontra tutoriais de como cultivar a maioria deles aqui em nosso blog mesmo. Basta digitar na barra de pesquisa o nome do tempero que deseja.

     Caso fique perdida (o) e não saiba onde plantar seus temperos, segue uma super dica: o Vaso Autoirrigável é perfeito para o cultivo de ervas e temperos pois a função autoirrigável dispensa regas, fazendo com que a planta se adapte e puxe a água na medida certa que precisa.

     Uma ótima opção para facilitar ainda mais o cultivo.

     Você pode conhece-los clicando aqui.

     Bom plantio! 💚

12 respostas para "10 melhores cultivos para fazer temperos naturais"

  • Boa Tarde!!! Adorei tudo…Parabéns…de verdade prá mim vai ser muito ùtil pois preciso colocar mais tempero em meus pratos…estão sem sabor algum…Brigada…vou aprender a plantar as mudinhas e depois mostrarei como está…Grata Marisa

  • Adorei os comentários a respeito das ervas. Eu tenho algumas delas plantadas em minha casa. Amo a sálvia, principalmente quando faço batatas ao forno. Coloco as batats cortadas em rodelas com manteiga derretida e folhas de sálvia. Ficam uma delícia para acompanhamento de carnes.
    Marly

  • Excelente materia, comemos estes maravilhosos temperos mas em sua maioria nao conhecemos seus benefícios. Parabens!

  • No canteiro do co dominio onde moro tenho plantado: mangericao verde e o roxo, cebolinha, salsinha, oregano, couve, rucula, salvia. Era uma terra ruim, dura , pobre em nutrientes. Comecei a cobri-la restos de pida de grama, folhas que caem das arvores. Agora e uma terraescura, bem drenada. E se levemente umidacida. As plantas gostsm muito.

  • Olá. Amei a ideia dos vasos autoirrigáveis e das sementes.
    Eu quero saber, por favor, comprando o vaso autoirrigável + sementes, qual o restante do material (terra, cascalho) que devo utilizar? Vi o vídeo do vaso e fiquei um pouco consfusa.
    Obrigada!

  • Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *