Lendo agora
Amarílis: os segredos do cultivo

Amarílis: os segredos do cultivo

O gênero botânico Amaryllis é um dos mais conhecidos quando o assunto são plantas bulbosas — aquelas que armazenam nutrientes em um caule subterrâneo — ou de valor ornamental. 

Um aspecto curioso é que as temperaturas abaixo de 20 graus fazem com que as flores bulbosas, como as amarílis, entrem em dormência. Elas permanecem 3 meses ou mais sem flores e, em alguns casos, até mesmo sem sua parte vegetativa, como as folhas. 

Após esse período, voltam a produzir flores grandes, de cores bem vivas. Mas o cultivo dessa espécie ainda desperta muitas dúvidas, principalmente em relação ao período entre floradas.

O biólogo Daniel Barreto, da Plantei Garden Center, explica que um dos segredos para cultivá-la é “tentar simular, ao máximo, um ambiente natural”. Continue a leitura para conhecer as condições ideais de plantio e a forma correta de adubá-la. 

Amarílis floridas cultivadas em canteiros. Imagens: arquivo da Plantei Garden Center.
Amarílis floridas cultivadas em canteiros. Imagens: arquivo da Plantei Garden Center.

Tipo de vaso 

“É comum encontrar bulbos de amarílis sendo comercializados em vasos pequenos (pote 15) e já com flores. Isso é possível porque já estavam em fase de floração e estão usando os nutrientes acumulados na parte bulbosa. Depois, precisam ser replantados em um vaso maior”, explica Daniel. 

O momento certo para o replantio é após as flores secarem. Assim, você garante condições para uma boa formação até a próxima florada.

🌱 Dica da Plantei: clique aqui e assista o vídeo ensinando o passo a passo!

A escolha de um vaso cônico de 30 centímetros de altura ou mais e com capacidade mínima de 5 litros de substrato favorece o bom desenvolvimento das flores e a multiplicação dos bulbos no decorrer das primaveras.

Confira algumas opções de vasos cônicos para ornamentar áreas externas disponíveis na Plantei Garden Center: 

Amarílis floridas cultivadas em canteiros. Imagens: arquivo da Plantei Garden Center.
Amarílis floridas cultivadas em canteiros. Imagens: arquivo da Plantei Garden Center.

Como preparar o substrato 

Uma das formas de preparar o substrato para as amaryllis é fazendo um mix com terra vegetal e 30% de areia.

O motivo é que “a areia garante uma boa drenagem e, consequentemente, evita o apodrecimento dos bulbos em caso de excesso de regas”, compartilha Daniel.

O húmus de minhoca também pode ser colocado por cima, mas é opcional. Nas estações mais quentes do ano primavera e verão o substrato já garante alguns nutrientes como ferro e manganês, que são essenciais para lindas florações.

🌱 Dica da Plantei: os limitadores de solo servem para criar formatos circulares ou sinuosos nos canteiros. Você pode utilizá-los para delimitar um espaço no jardim exclusivo para as amaryllis, destacando o cultivo. 

Conheça os substratos para uso doméstico e profissional da marca Carolina Soil disponíveis na Plantei Garden Center. Compre online e receba em casa!

Local de cultivo

Essas flores se adaptam bem ao cultivo em vaso ou canteiros, mas o local de plantio deve receber sol. “Quanto mais horas de luz solar direta houver onde você vai cultivar suas amarílis, mais vivas serão as cores das flores”, orienta. 

Uma outra dica de ouro do biólogo é usar uma base de madeira embaixo dos vasos para não cozinhar os bulbos que estão em vasos, principalmente nos períodos de altas temperaturas. 

Amarílis floridas cultivadas em canteiros. Imagens: arquivo da Plantei Garden Center.
Amarílis floridas cultivadas em canteiros. Imagens: arquivo da Plantei Garden Center.

Como plantar e onde comprar bulbos?

Os bulbos das amaryllis são grandes e precisam de espaço para ter um bom desenvolvimento radicular. Por isso, coloque apenas uma unidade em um vaso de, no mínimo, 2 litros.

Retire as palhas que ficam ao redor do bulbo, para acelerar o crescimento.  E, atenção: as manchas ou partes moles não significam que está podre, você pode plantá-lo normalmente. 

Na Plantei Garden Center você encontra várias opções de bulbos de amaryllis. Escolha seus favoritos, compre online e receba em casa:

bulbos de flores

Regas

As indicações para as regas variam de acordo com o local de cultivo e a estação do ano. “Em vasos de 5 litros ou mais, faça duas regas por semana. Durante o outono e o inverno, faça uma rega a cada 20 dias ou quando o substrato secar totalmente”, recomenda Daniel. 

Veja também
Plantas roxas: coleus, abacaxi-roxo e lambari zebrina.

As amarílis, assim como outras flores bulbosas, têm uma boa reserva de água e, por isso, dificilmente você irá perdê-las pela falta de regas. Mas, atenção: o excesso de irrigação pode fazer com o que os bulbos apodreçam ou cozinhem, principalmente quando as temperaturas estão altas.

Como adubar? 

De modo geral, os bulbos respondem muito bem à uma adubação mensal com fertilizantes orgânicos, como o fert peixe, bokashi e superthrive

O biólogo destaca que “momento em que as hastes florais começam a apontar, os adubos N.P.K 04-14-08 também são boas opções para garantir floradas intensas e duradouras” e alerta quanto ao uso de adubos minerais granulados, que devem ser colocados apenas nas laterais dos vasos e nunca próximos aos bulbos. 

Conheça a Plantei Garden Center

Gostou das nossas dicas sobre como cuidar da amarílis?

Na Plantei Garden Center você encontra várias opções de bulbos, substratos, fertilizantes orgânicos, mudas de plantas, sementes e muito mais! Escolha seus produtos favoritos, compre online na loja virtual e receba em casa! 

Conheça os tripés e suportes de chão para vasos! Clique aqui e decore e cultive com estilo.


© 2013 - 2023 | Blog da Plantei. Todos os Direitos Reservados.
Voltar para o topo