Com tantas espécies de orquídeas, como escolher a minha?

6 Comentários

      O cultivo de orquídeas exige uma certa dedicação de quem decide explorar esse universo, mas o que pouca gente conta é que o trabalho pode começar bem mais cedo do que se imagina: antes de qualquer coisa, você precisa escolher a espécie da sua orquídea.

      É impressionante a variedade que compõe a família das orquídeas. São cerca de 50 mil espécies ao redor do mundo, 20 mil encontradas na natureza e 30 mil resultantes de cruzamentos em laboratório, e o Brasil é um dos países com a maior variedade de orquídeas: aproximadamente 3500 espécies podem ser encontradas por aqui.

      E como escolher uma espécie entre tantas para começar um orquidário? Conhecendo um pouco de cada uma (das mais comuns, claro, afinal 50 mil é muita coisa!). Assim fica mais fácil identificar a que mais combina com suas expectativas e com seus hábitos.

      Aqui está uma lista com algumas das orquídeas mais populares no Brasil e uma série fatos sobre elas para ajudar em sua escolha.

Catleya
Grande oferta de opções de cores
Atinge de 30 a 50 cm de altura
Geralmente floresce uma vez ao ano
Dá de duas a quatro flores que duram em média 15 dias
Deve ficar à meia-sombra, evitando o sol direto entre 11h e 14h
Cultivada em substratos, sua rega depende do vaso

catleya

Cymbidium
Bastante variada em cores, puxando para os tons terrosos
Floresce especialmente durante quedas bruscas de temperatura
Hastes chegam a dar 20 flores
Atinge até 70 cm
Suas flores duram de 25 a 30 dias
Deve ficar à meia-sombra, evitando o sol direto entre 11h e 14h
Cultivada em substratos, sua rega depende do vaso

cymbidium

Oncidium aloha iwanaga (Chuva de Ouro)
Grande quantidade de flores: de 30 a 40 por haste
Cor sempre amarelada
Altura varia entre 15 e 20 cm
Geralmente floresce uma vez ao ano
Flores duram de 20 a 30 dias
Deve ficar à meia-sombra, evitando o sol direto entre 11h e 14h
Cultivada em substratos, sua rega depende do vaso

oncidium aloha iwanaga

Denphal
São Orquídeas da espécie dendrobium cujo as flores se parecem com as da espécie Phalaenopsis
Cores variadas, normalmente apresenta dois tons
Atinge de 40 a 60 cm de altura
Geralmente floresce uma vez ao ano
Floração que vai de seis a até 15 flores, que duram pelo menos 40 dias
Deve ficar à meia-sombra, evitando o sol direto entre 11h e 14h
Cultivada em substratos, sua rega depende do vaso

denphal

Dendrobium
Varia bastante de cor e de tamanho
Pode ir dos 5 aos 50 cm de altura
Geralmente floresce uma vez ao ano
Suas flores duram de 15 a 20 dias e medem cerca de 3 cm
Nos meses mais frios é preciso diminuir a rega
Deve ficar à meia-sombra, evitando o sol direto entre 11h e 14h
Cultivada em substratos, sua rega depende do vaso

dendrobium

Oncidium sharry baby
Perfume de chocolate
Cor sempre amarronzada
Atinge entre 15 e 25 cm de altura
Geralmente floresce uma vez ao ano
Grande quantidade de flores que medem cerca de 3 cm
Flores duram de 20 a 30 dias
Pode ser presa a um arame para se estabilizar
Deve ficar à meia-sombra, evitando o sol direto entre 11h e 14h
Cultivada em substratos, sua rega depende do vaso

oncidium sharry baby

Dendrobium nobile (olho-de-boneca)
Tom mais escuro no centro, variando entre o rosa e o roxo
Sua altura varia de 30 a 40 cm
Inclina-se devido ao excesso de peso
Geralmente floresce uma vez ao ano
Flores duram entre 15 e 20 dias
Rega deve ser reduzida no inverno
Deve ficar à meia-sombra, evitando o sol direto entre 11h e 14h
Cultivada em substratos, sua rega depende do vaso

dendrobium nobile

Vanda coerulea
Espécie muito valorizada por cultivadores
Não precisa de substrato
Pode ser cultivada em árvores ou em um arame
Grande raiz que se enrosca no objeto escolhido
Encontrada em vermelho, amarelo, marrom, verde e rosa
Sua altura varia bastante, pois ela não para de crescer
Sua largura varia ente 30 e 50 cm
Geralmente floresce uma vez ao ano
Flores duram no mínimo 30 dias
Espécie que gosta de bastante umidade
Deve ficar à meia-sombra, evitando o sol direto entre 11h e 14h

vanda coerulea

Miltonia
Grande variedade de cores
Pode apresentar misturas de até cinco tons numa mesma flor
Atinge até 15 cm de altura
Geralmente floresce uma vez ao ano
A duração das flores é de 15 dias em média
Deve ficar à meia-sombra, evitando o sol direto entre 11h e 14h
Cultivada em substratos, sua rega depende do vaso

miltonia

Phalaenopsis amabilis
Uma das orquídeas mais populares
Bastante resistente
Flores duram de 30 a 40 dias
Atinge cerca de 15 cm de altura
Mais conhecidas na cor branca
Também encontrada em rosa, rajada em amarelo com marrom e toda branca com o centro em vermelho ou rosa
Pode dar até 15 flores em cada floração
Geralmente floresce uma vez ao ano
Pode ter uma nova floração na mesma haste entre oito meses e um ano
Deve ficar à meia-sombra, evitando o sol direto entre 11h e 14h
Cultivada em substratos, sua rega depende do vaso

phalaenopsis amabilis

      Agora que conhece as mais famosas espécies, é só escolher a que mais te agrada e iniciar o cultivo destas tão amadas e lindas plantas. 😉

      Clique aqui e confira as orquídeas disponíveis em nossa loja.

Fonte – Forth Jardim

6 respostas para "Com tantas espécies de orquídeas, como escolher a minha?"

  • Gostei muito de sua apresentação das espécies de orquídeas. Já coloquei o seu blog nos meus favoritos.
    Parabéns!

    • Olá, Janete.
      Que ótimo. É muito importante para nós esse feedback tão especial!
      É uma honra para nós fazer parte da sua selete lista de favoritos.
      Volte sempre. Será um prazer tê-la aqui conosco!

  • Soube de uma pessoa que foi autuada por ter mais de 400 espécies de orquídeas em sua propriedade. É que só poderia ter 40 espécies, como saber distinguir as que tem restrição?

    • Olá, Emília. Nunca soubemos de nada do tipo.

      Realmente espécies nativas são proibidas de serem retiradas da natureza. Pode ser que a pessoa tenha sido autuada devido a possuir algumas dessas espécies. No entanto, não há relação com o número de plantas. Conhecemos colecionadores que possuem mais de 250 em suas residências.

  • Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *