Lendo agora
Cultivar plantas na água: dicas e inspirações!

Cultivar plantas na água: dicas e inspirações!

cultivar plantas na água

Cultivar plantas na água é uma ótima ideia para quem tem pouco espaço para plantio ou ama ocupar as áreas internas com plantas.

Neste artigo apresentamos o passo a passo para plantar e conservar plantas na água, indicamos algumas espécies que se adaptam bem a essa forma de cultivo e ainda tem mais: dicas de decoração para sua casa!

Plantas para cultivar na água

Comece escolhendo espécies que se adaptam bem a vida na água (falamos delas abaixo) e observe as condições de luminosidade da sua casa para posicionar os recipientes no local adequado para o cultivo escolhido.

As mudas devem ser feitas a partir de plantas saudáveis, que também precisam ser bem higienizadas com água, para retirar impurezas e a terra.

Como todo tipo de cultivo, as plantas em água também precisam de cuidados e esses devem ser ainda mais frequentes, para evitar apodrecimento das raízes ou folhas, mau cheiro ou proliferação da dengue.

cultivar plantas na água

1 – Singônio

Fácil de cuidar, a singônio (Syngonium podophyllum) tem despertado muito interesse para uso paisagístico e decorativo nos últimos tempos.

Ela é uma espécie fácil de ser encontrada, que se adapta muito bem à água, criando raízes e até novas folhas em algumas semanas. Além disso, é muito resistente.

2 – Jiboia

O ramo deve ser cortado na diagonal e retirado de uma planta saudável e forte, que contenha, no mínimo, 6 folhas. Lave cuidadosamente o ramo escolhido e coloque-o em um recipiente limpo, já com água.

Mantenha sua jiboia cultivada em água em um espaço bem iluminado, mas que não receba sol direto. Faça trocas e lave o recipiente a cada 3 dias.

Clique aqui e veja mais dicas de cuidados com a jiboia.

3 – Espada-de-são-jorge

Outra espécie que pode ser cultivada em água é a espada-de-são-jorge.

Ao retirar as folhas da terra, lave-as muito bem! A quantidade de água indicada é até a parte que cubra a raiz mais grossa e antiga da planta. Geralmente é onde a coloração é mais escura.

plantas cultivadas na água

4 – Dracena (gênero botânico)

Algumas espécies de Dracena, que é um gênero botânico, são ótimas opções para cultivar em água.

Uma delas é conhecida popularmente como pau d’água e, como o próprio nome diz, se adapta bem a esse ambiente. Ela prefere áreas bem iluminadas, mas não tolera sol direto, portanto, é ideal para o cultivo em ambientes internos.

Outra espécie é bambu da sorte, que pede condições de cultivo muito parecidas com o pau d’água. É muito comum encontrá-lo em lindos arranjos, com pedriscos, argila expandida e água.

5 – Lírio da paz

O lírio da paz é mais uma espécie que se adapta bem à água. Assim como as outras, precisam de bastante claridade para desenvolver raízes e manter as folhas saudáveis.

É uma das espécies mais comuns para áreas internas e fica muito charmosa na decoração.

6 – Costela de adão

Tendência na decoração de ambientes, a costela de adão também pode ser cultivada em água.

Trata-se de uma planta muito resistente, que se adapta bem à ambientes parcialmente iluminados. A exposição direta ao sol deve ser evitada.

Como conservar plantas na água?

Faça trocas de água frequentes de, no mínimo, três vezes por semana. Sempre que fizer, higienize corretamente o recipiente. Essas medidas ajudam na prevenção contra a proliferação do mosquito da dengue, portanto, são fundamentais. Cuidando corretamente não haverá problemas.

É importante lembrar que algumas raízes podem se desenvolver tão bem que vão aumentar de tamanho e podem dificultar a entrada e a saída pela borda do recipiente, a depender do modelo escolhido. No caso de uso em garrafas, fique atenta(o) e proporcione um espaço adequado para planta e de fácil manuseio do cultivador.

Diferentemente das plantas de uso decorativo ou paisagístico cultivadas em água, os alimentos exigem outras técnicas, já que o foco dessa prática é produzir e colher. Em breve vamos abordar esse tópico aqui no blog também!

Como utilizá-las na decoração?

Esses tipos de cultivos podem ser colocados em qualquer cômodo, desde que receba as condições de luminosidade e ventilação adequada para a espécie.

Veja também
tanchagem

A maioria dos exemplos que citamos acima gostam de luz. Portanto, vale a sala, cozinha e até o banheiro, desde que ofereçam boas condições.

Jardim vertical

Plantas em água ficam especialmente bonitas e delicadas na decoração.

Uma dica incrível é fazer um jardim vertical aquático. Ele pode ser suspenso ou fixado na parede. Nesse caso, vale mesclar ideias: variar em tamanhos e formatos, fazer bases fixas com madeira em coloração que combine com a decoração, escolher espécies de tamanhos e tonalidades diferentes.

Inspire-se no perfil de Hilton Carter, que é referência na propagação de plantas em água, você pode conferir várias dicas e inspirações!

Composições com pedriscos e argila

Algumas espécies, como as jiboias, também se desenvolvem bem quando cultivadas em recipientes com argila expandida e água. Nesses casos, a quantidade de água deve estar sempre abaixo do nível da argila expandida e pedriscos.

Diferentes tamanhos e formatos

Como a beleza está na planta cultivada, vale reaproveitar recipientes de vidro de produtos, como os de azeitonas ou garrafas de bebidas e sucos.

Para quem prefere investir mais, recipientes de vidro transparente são ótimas opções. Escolha opções lisas ou trabalhadas, faça composições com diferentes alturas e formatos, enfim, solte a criatividade!

Gostou das nossas dicas? No nosso blog temos várias dicas de decoração para casas e jardins de todos os tamanhos. E se você tem dúvidas sobre qual espécie cultivar em cada ambiente, faça o download gratuito (clique aqui) do nosso ebook e aprenda muito mais!

planta para cada ambiente

Comments

comments

Comentários (0)

Deixe uma rsposta

Your email address will not be published.


© 2020 Blog da Plantei. Todos os Direitos Reservados.
Voltar para o topo