Lendo agora
9 plantas indicadas para áreas internas

9 plantas indicadas para áreas internas

plantas para ambientes internos

Algumas plantas se adaptam melhor ao cultivo em áreas internas por se darem bem em ambientes com iluminação indireta ou sombra parcial e também pouca ventilação.

O cultivo de plantas dentro de casa pode ser integrado à decoração, com a finalidade de deixar o ambiente mais agradável e, de alguma forma, aproximar você da natureza.

Listamos 9 dicas de plantas que costumam se desenvolver bem nesses espaços. Confira!

1) Orquídeas

As orquídeas são uma das plantas mais comuns de serem vistas em ambientes internos.

A escolha por elas certamente passa pela beleza de suas flores, de diferentes formatos e cores. Bastante delicadas, elas devem ser cultivadas à meia-sombra, de maneira a receber iluminação de forma indireta.

2) Espada-de-são-jorge

Além do uso ornamental, a espada-de-são-jorge costuma ser conhecida como uma planta que protege de mau-olhado.

O cultivo é recomendado a meia-sombra, mas ela suporta bem o contato direto com a luz solar. Ela tolera tanto o calor tropical quanto o clima frio. Além disso, é uma das poucas plantas que não tem seu desenvolvimento afetado pelo ar-condicionado ou fumaça de cigarro.

Aprenda: Como cultivar espada-de-são-jorge

3) Bromélias

As bromélias se destacam por sua beleza e se adaptam tanto aos ambientes externos quanto aos ambientes internos. Dentro de casa, porém, é importante não privá-las de luminosidade, sendo fundamental para o seu bom desenvolvimento.

Material exclusivo: veja como cultivar bromélias!

4) Violetas

Apesar de precisarem de luminosidade para florescer, as violetas devem estar sempre protegidas de qualquer incidência de luz solar direta.

Além disso, a planta é sensível às oscilações de temperaturas, tendo o desenvolvimento comprometido em situações de calor e frio excessivos. Por isso, o melhor é arranjar um cantinho para elas no ambiente interno, para que floresçam bonitas e saudáveis.

Neste artigo do blog explicamos o passo a passo para cultivar violetas, com orientações sobre tipo de solo, clima e regas.

5) Antúrio

Adequada para o cultivo em vasos, o antúrio pode ser mantido em local sem luz solar direta, desde que haja uma boa iluminação natural.

Quanto à irrigação, o solo deve ser mantido sempre úmido, mas sem ficar encharcado. Além disso, o antúrio não suporta temperaturas muito baixas e cresce melhor em condições de alta umidade relativa do ar.

Clique aqui e veja o post exclusivo com todas as dicas sobre cultivo de antúrios.

6) Lírio-da-paz

lirio da paz

O lírio-da-paz deve ser cultivado sempre à meia-sombra e regado frequentemente. A planta, que tem crescimento rápido no verão, não tolera o frio.

Uma das suas características mais marcantes é a sua flor de cor branca, mas que pode se tornar esverdeada com o tempo ou em decorrência de ambientes mal iluminados.

7) Suculentas

As suculentas são uma boa opção para quem dispõe de pouco espaço e tempo, uma vez que consomem pouca água. Fáceis de cultivar, elas possuem diversos tipos de cores, formas e texturas e podem se somar aos mais diversos tipos de decoração, seja em vasos ou em terrários.

No entanto, atenção: elas carecem de ambientes iluminados para sobreviver e, dependendo da espécie, de contato direto com o sol por algumas horas do dia. Assim, no cultivo interno, o mais adequado é que você as posicione próximo às janelas.

como cultivar suculentas

8) Samambaias

As samambaias são plantas que crescem na sombra e não gostam de locais onde há ventos constantes. Por isso, os ambientes internos acabam sendo uma boa opção para elas.

No entanto, elas são consideradas plantas altamente exigentes em relação à umidade do solo. Assim, recomenda-se manter o seu vaso sempre úmido, para evitar que suas folhas fiquem amareladas e sequem rapidamente.

Veja as nossas dicas no post exclusivo sobre cultivo de samambaias.

9) Zamioculca

A zamioculca é uma planta resistente, aguentando a falta de exposição solar assim como um longo tempo sem receber regas. É bastante conhecida pela utilização na decoração de ambientes internos, destacando-se pela beleza de suas folhas superbrilhantes, com o aspecto de cera, em tom de verde escuro.

Seu solo deve ser apenas ligeiramente úmido, sendo preferível deixá-la passar sede a regar em excesso.

cachepôs para orquídeas

Comments

comments

Comentários (4)

Deixe uma rsposta

Your email address will not be published.


© 2020 Blog da Plantei. Todos os Direitos Reservados.
Voltar para o topo