6 itens necessários para ter uma horta em casa

2 Comentários

      É fato e não tem como negar: a prática de cultivar alimentos orgânicos em casa não para de crescer. Visto todos os benefícios que esse tipo de alimento podem oferecer é completamente compreensível que a prática esteja se tornando cada vez mais popular.      Os alimentos orgânicos apresentam um sabor diferenciado, proporcionando mais saúde e frescor aos pratos e refeições. Eles são cultivados de maneira que não recebam substâncias químicas produzidas pelos agrotóxicos. Sendo assim, além de preservar a saúde da sua família, estará também colaborando com o futuro do planeta visto que essa prática se fundamenta na conservação dos recursos naturais.

      Diferente do que muitas pessoas pensam, ter uma horta em casa não é um bicho de sete cabeças. O ponta pé inicial para que consiga construir sua horta depende apenas de dois simples itens: Vontade e espaço.

      A escolha do local, o preparo das sementes e do solo e os materiais, são alguns dos pontos que devem ser levados em consideração para a construção de uma horta em casa. E falaremos sobre eles agora.

Escolha do local

      A grande maioria das hortaliças, vegetais e até mesmo ervas cultivadas em hortas gostam e principalmente precisam de horas de exposição ao sol. Ainda que existam espécies menos exigentes, a maior parte delas precisa de pelo menos 5 horas diárias de contato direto com a luz. O sol da manhã e o de fim da tarde (alternando os horários) são os mais recomendados e que apresentam os melhores resultados. Se o local de cultivo não tiver contato direto com a luz solar (nem que seja mínimo) lamentamos dizer que será realmente muito difícil conseguir que as espécies se desenvolvam.

      No entanto algumas opções como espinafre, rúcula, rabanetes e algumas couves não demonstram infelicidade de estar à sombra e em períodos muito quentes do verão até agradecem.

      Com a ajuda da luz solar pode-se plantar praticamente tudo: pimentas, alfaces, abóboras, cebolinhas, cenouras, ervilhas, cebolas, alhos, tomates, entre outras várias espécies.

shutterstock_236164732

Foto Reprodução: Shutterstock

Ferramentas básicas

      Ainda que a horta seja pequena, precisará de algumas ferramentas básicas ou terá suas tarefas dificultadas. São itens simples e muito conhecidos, ainda que você não esteja muito familiarizado com o hábito de plantar.

São eles:
Ancinho (que pentea o solo para receber as sementes após o processo da sementeira)
Pá de plantar
Pá larga para transplante de mudas
Regador jato fino ou chuveiro
Enxada grande/pequena (para cavar)
Tesoura de poda
Faca de colheita

      Durante o processo de cultivo (plantio/desenvolvimento/colheita) você precisará de alguns materiais indispensáveis para o desenvolvimento da horta. Tais como:

Adubo orgânico
Substrato
Balde
Carrinho de mão (caso a horta seja grande, pois precisará transportar os materiais)
Cesto para colheita

ferramentas-de-jardim-1

Foto Reprodução: Shutterstock

Delimitação do espaço

      É super possível construir hortas em pequenos espaços, inclusive em vasos. Uma hortinha com 5 ou 10 m² por exemplo já é o suficiente para uma significativa produção. Para tornar a tarefa organizada, evitar sujeiras indesejadas e facilitar a manutenção da horta em casa é preciso delimitar o espaço que a receberá. As opções são as mais diversas. Você pode utilizar tijolos, pedras, madeira ou até mesmo divisores de solo.

      Os vasos também são opções práticas e possíveis, principalmente para quem mora em apartamento. O tamanho, modelo e material vai de acordo com as espécies que cultivará e com seu gosto.

      É possível utilizar até mesmo materiais reciclados para montar a horta. Como por exemplo garrafas pet e caixas de leite. Além de barata é uma alternativa sustentável.

      As hortas verticais também fazem o maior sucesso, especialmente com a galera dos apartamentos. Esse modelo de horta baseia-se em colocá-la na parede de forma vertical ou horizontal, e para isso há os mais diversos tipos de treliças, suportes e vasos.

Irrigação

      A irrigação é uma parte importantíssima do processo de cultivo e a maneira como é realizada influencia muito no desenvolvimento das plantas. O excesso de água é tão prejudicial quanto a falta dela pois pode causar o apodrecimento das raízes, por isso é necessário que os vasos sempre possuam furos no fundo. Outra saída é a utilização dos vasos autoirrigáveis. Eles possuem cordões de algodão que funcionam como raízes artificiais e conduzem a água até as raízes da planta, umedecendo conforme a necessidade de cada espécie. Prático e eficaz.

Preparação do solo

      O preparo do solo é sem dúvidas um dos itens mais importantes e necessários para a criação da horta. É preciso certificar-se que o solo seja rico em nutrientes e matéria orgânica para que as plantas possam crescer com saúde, resultando em hortaliças e vegetais de qualidade.

      Existem diversas misturas já preparadas prontas para o plantio, mas para quem deseja realizar a preparação em casa não há segredo algum. Basta misturar 1/3 de terra preta, 1/3 de vermiculita e 1/3 de matéria orgânica (húmus de minhoca, esterco de galinha, entre outros compostos).

      A leveza e drenagem do solo também precisam ser observados pois são importantes para que o solo não fique compactado e as raízes possam se desenvolver ocupando todo o espaço que têm. Essas duas características contribuem também para um solo não encharcado que pode acarretar no apodrecimento das raízes ou até mesmo no desenvolvimento de fungos.

shutterstock_236164645

Foto Reprodução: Shutterstock

Adubação

      Manter o solo da horta rico em nutrientes é um passo que ajudará no crescimento de plantas viçosas, saudáveis e bem desenvolvidas. As plantas são um tanto quanto exigentes quando o assunto é nutrição e sendo assim, ainda que o solo seja preparado é necessário realizar adubações complementares a cada 20 dias.

      A adubação faz-se necessária também após a colheita. O solo precisa receber uma nova remessa de nutrientes antes de receber o plantio de novas espécies.

      Essas adubações periódicas podem ser feitas com os mesmos compostos orgânicos utilizados no preparo do solo ou até mesmo com adubos químicos (como os NPK), mas, já que a intenção é a criação de uma horta orgânica dispensamos esse tipo de adubação. Afinal, quanto maior a variedade de adubos orgânicos melhor para a saúde das plantas e claro, da sua família.

img554ebf7a97762

Foto Reprodução: Shutterstock

      Agora que você já conhece todos os passos para a criação de uma horta que tal colocar as mãos na terra para o início desse projeto?

      Convidamos você a conhecer nossa loja. Nela você encontrará todos os itens citados na matéria, que são necessários para a criação de uma horta em casa.

      Conheça clicando aqui.

      Bom plantio!

2 respostas para "6 itens necessários para ter uma horta em casa"

  • Queria saber porque no Brasil é tudo tão caro. Desse jeito não tem como fazer nada. Cansado de pagar caro em tudo. Adorei seu site. Conteúdo de qualidade

  • Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *