Como preparar farinha de cascas de ovos

     Você já ouviu falar que cascas de ovos são boas para as plantas? Pois é.

     As cascas de ovos possuem nutrientes essenciais às plantas.

     São ricas em potássio, cálcio e magnésio.

     Algo bem interessante, é que as galinhas poedeiras comerciais são alimentadas com rações concentradas e enriquecidas com minerais que deixam as cascas dos ovos ainda melhores.

E como funciona?

     Para que suas plantas possam absorver todos estes nutrientes, as cascas deverão estar intimamente ligadas ao sol.

     Quanto maior o contato das cascas com a terra, mais disponíveis estes nutrientes estarão para as plantas. Uma maneira bem simples de fazer isso acontecer é transformar as cascas de ovos em pó.

     Assim, teremos uma preciosa farinha, barata, rica em minerais e ecológica, perfeita para fertilizar canteiros, hortas, vasos, orquídeas, etc.

     A farinha é tão boa e versátil que pode ser usada para adubação da maioria das plantas domésticas.

Como preparar?

     O passo inicial na produção da farinha é colocar as cascas para secar à sombra.

     Não devemos deixar que as cascas sequem no sol, pois possuem uma pequena quantidade de nitrogênio, e isso poderá fazer com que elas percam.

     É importante saber que não é recomendado guardar as cascas para secar depois, pois a decomposição das partes orgânicas ainda úmidas pode provocar mal cheiro e atrair animais indesejados.

     Vá secando conforme juntar e guardando, até chegar a uma boa quantidade que possa ser processada.

     Quando já tiver uma quantidade significativa de cascas (uma dúzia já é um bom tanto), coloque-as em um saco e quebre apertando com as mãos.

     Aperte o máximo que puder, mas não se preocupe em fazê-las virar pó, pois esse processo será realizado no liquidificador.

     Coloque-as aos poucos no liquidificador e bate até que virem pó.

     O processo de secagem é importante, pois se as cascas ainda estiverem úmidas, esse procedimento será mais difícil.

     Depois de bater todas as partes, junte tudo em um único recipiente.

     Pronto, agora você já tem a poderosa farinha. Armazene em um vidro com tampa e guarde-a em um lugar fresco.

Como usar?

     O uso é muito simples.

     Uma pequena colherinha de café nos vasos pequenos e duas ou três em vasos maiores.

     Repita esse processo uma vez a cada 40 dias.

     Se diminuir a dose para meia colherinha, poderá aplicar a farinha a cada 20 dias.

     Observe sempre suas plantas e veja como elas estão reagindo a este novo estímulo. Assim, você poderá decidir o período em que deverá aplicar novamente a farinha de ovos.

     Saberá a hora através da vitalidade das plantas.

     Se quiser preparar terra ou substrato para plantio, acrescente 50 gramas de farinha de ovos para cada 20 litros de terra.

     A farinha de ovos é um rico fertilizante natural que pode ser utilizado sem preocupação em hortas caseiras e pomares.

     É muito importante que saiba que algumas plantas ornamentais como azaléias, prímulas, gardênias, plantas carnívoras, entre outras, podem não apreciar a leve alcalinização do solo que as cascas podem provocar.

     Quando for cultivar alguma espécie ciente de que ela aprecia um solo levemente ácido, coloque uma quantidade menor de farinha de ovos. Isso evitará alterações no pH do solo.

     A farinha de ovos beneficiará especialmente vegetais folhosos, como couve e agrião.

Material de Apoio – O Jardineiro

Comments

comments

2 respostas para "Como preparar farinha de cascas de ovos"

  • Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *