Pesquise por hashtags, nomes, e assuntos Pesquisar

Espécies de plantas perfeitas para ter em local sem sol

Muita gente diz ter vontade de cultivar planta em casa mas apresentam um problema: não há espaço com luz.

Bom, se você acha que este é um problema, saiba que não mais. Existem plantas ideais para serem cultivadas na sombra. E são tão lindas quanto quaisquer outras. Separamos algumas destas espécies para que possa enfeitar sua casa e trazer mais vida à ela. Confira!

Café-de-salão (aglaonema commutatum)

O gênero Aglaonema conta com cerca de 50 espécies e muitas variedades que podem ser cultivadas em ambientes internos. Elas se caracterizam por ter uma textura herbácea. As suas folhas são grandes, glabras, coriáceas, espessas e quase sempre verdes, porém, com manchas de outras cores.

A sua folhagem é de um estilo exuberante e tropical, mais ou menos compacta. Para que elas cresçam e se desenvolvam bem é importante que seja cultivada em locais que estejam sempre à sombra. A luz deve ser difusa. Também é preciso que o substrato seja rico em matéria orgânica, drenável e as regas devem ser feitas com regularidade.

Café-de-salão (aglaonema commutatum)

Foto: en.hortipedia.com

Diefenbáquia (dieffenbachia amoena)

Ela é conhecida popularmente como comigo-ninguém-pode e como a maioria das pessoas sabe, é indicada para quem deseja afastar o mau-olhado pois absorve as energias negativas das pessoas mal intencionadas. Planta ornamental, é muito utilizada e composta de folhas grandes e brilhantes, com manchas rajadas de branco ou amarelo.

Deve se cultivada a meia-sombra ou sombra, em solo rico em matéria orgânica e com regas regulares. São lindas e ficam bem tanto em ambientes externos quanto internos ou em bordaduras e maciços. Ficam muito bem em vasos. Vale lembrar que por ser altamente tóxica é preciso tomar cuidado quanto a crianças e animais.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Foto: phytoimages.siu.edu

Jóia-da-amazônia (alocasia amazonica)

Esta é uma espécie herbácea perene com rizomas que pode atingir até 01 metro de altura e 0,65 cm de diâmetro. Suas folhas são coriáceas, na forma de coração e com bordas recortadas em ondulações. A parte superior das folhas é verde-escura com grandes nervuras esbranquiçadas bem marcadas.

O solo para receber esta espécie deve ser rico em matéria orgânica, solto e permeável. Para interiores, seu cultivo é recomendado próximo a janelas ou onde possa receber ao menos um pouco de luminosidade. Não precisa do sol direto, mas necessita de certa luminosidade.

alocasia-amazonica-800x535

Foto: caribbean-plants.com

Calatéia pena-de-pavão (calathea makoyana)

Originária das florestas tropicais da América, é ideal para aquele cantinho do jardim que não pega sol e está sempre úmido. Mas também é uma planta que se adapta muito bem em varandas e interiores. A folhagem possui cores contastrantes e desenhos perfeitos. Suas folhas são arredondadas, verde-claras com riscos grossos verde-escuros do centro até a extremidade da folha.

Se colocadas contra o sol, exibem claramente uma textura quadriculada. A parte posterior tem um tom avermelhado, o que resulta em um lindo efeito. Para que se desenvolva de maneira saudável é necessário que esteja sempre em ambiente sombreado, somente com luz indireta do sol. Uma boa umidade no ar também é importante. Quanto ao substrato, deve estar sempre úmido, mas nunca encharcado. É uma planta tropical e por tal motivo preferem temperaturas acima de 15°C. Após o inverno, é necessário realizar uma poda para a retirada das folhas queimadas pelo frio.

Makoyana-1000x617

Foto: jardimcor.com

Filodendro Brasil (epipremnum Brasil)

Esta é uma planta herbácea e tropical de folhagem com cores vivas e contrastrantes entre si. O nome ‘Brasil’ é uma referência ao verde e amarelo da bandeira brasileira. As folhas são ovaladas e cordiformes, brilhantes, coriáceas, de cor verde escura e com o centro verde-limão.

É ideal para plantar em vasos ou em cestas pendentes, adornando interiores bem iluminados. Também pode ser plantado em canteiros, fazendo às vezes de forração de meia sombra. Não necessita de muita manutenção. Necessita de solo fértil, rico em matéria orgânica e irrigado frequentemente. Deve ser cultivada a meia-sombra ou luz difusa.

6853946363_f920bfbed8

Foto: flickriver.com/photos/karlgercens

Corações entrelaçados (ceropegia woodii)

Esta trepadeira pendente é muito delicada e possui um caule longo e arroxeado que pode alcançar de 2 a 4 metros de comprimento. Suas folhas são suculentas, opostas, de coloração verde-musgo, com um marmorizado prateado na parte superior, arroxeadas na inferior e em formato de coração.

A floração é distribuída durante os meses quentes. A planta pode ser usada na decoração de ambientes internos ou varandas. Se cultivadas em grupos de cinco ou mais mudas, ganham um destaque especial. Não tolera o sol quente do meio-dia e por isso deve ser protegida neste horário. Deve ser cultivada sob meia sombra ou luz difusa, num substrato leve, drenável, rico em matéria orgânica e irrigado a intervalos regulares.

Ceropegia woodii 2_jpg

Foto: sedumphotos.net

Há ainda outras espécies que pertencem à esta categoria de plantas para sombra. Como: Hoya carnosa (Flor-de-cera); Anthurium Clarinervium (Antúrio Clarinervium); Columneia Twister (Columéia Twister); Aeschynanthus Marmoratus (Columéia Marmorata); Hera Helix (Hera-Tricolor); entre outras.

Agora que você já conhece diversas espécies que podem ser cultivadas na sombra não há mais desculpas para não ter plantas em casa. Então, mãos à terra!

vaso autoirrigável

 

Comments

comments

2 respostas para “Espécies de plantas perfeitas para ter em local sem sol”

  1. Maria de Lurdes M Pincinato disse:

    Lindas folhagens a calareis. Obrigada por vocês me ajudarem a cultivar as plantas. É muito bom e proveitoso o tempo dedicado a elas pois elas retribuem o carinho tornando se lindas e maravilhosas

  2. Vinícius Bertolino disse:

    Café-de-salão (aglaonema commutatum)
    Tenho num jardim de inverno aqui em casa… não pega sol nenhum horário do dia… mesmo assim cresce e vai em frente… sem problemas com regas regulares ou não… já usei na meia sombra… com alguns horários de sol até… as folhas sofrem um pouco, mas vai tranquilo também. Se adubar um pouco … caprichar um pouco no cuidado, estão sempre com flor… que é como se fosse uma flor de antúrio, mas a borda é verde e a espiga branca.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Feito por Nerau Studio