Lendo agora
Como cuidar da mini-samambaia havaiana?

Como cuidar da mini-samambaia havaiana?

A imagem está dividida em duas partes e mostra, a esquerda, uma mini-samambaia havaiana em vaos de fibra de coco, pendurada com suporte de aço. Do lado direito, a mesma planta parece mais volumosa, com muitas folhas, sobre uma mesa de centro.

As samambaias são plantas atemporais, que nunca saem de moda e tem lugar garantido nas casas brasileiras!

Neste artigo nós apresentamos tudo o que você precisa saber para cuidar da mini-samambaia havaiana, uma planta perene de folhas delicadas que fica linda em ambientes internos ou externos.

Boa leitura!

Como cuidar mini-samambaia havaiana?

As samambaias, de modo geral, se adaptam bem a diferentes modelos de vasos. Mas o que importa mesmo é o local onde será posicionado.

Há duas variáveis muito importantes: a incidência de luz solar e o vento. O ambiente ideal é o que recebe luz solar indireta, ou seja, onde o sol não alcança diretamente as folhas da mini-samambaia havaiana. Como são muito sensíveis, podem queimar ou secar. 

Mini-samambaia havaiana em vaso de fibra de coco, pendurada na parede.
Mini-samambaia havaiana é uma ótima opção de planta para pendurar. Imagem: Plantei Garden Center.

Outra característica importante é que seja um local arejado. No entanto, evite colocar o vaso em ambientes que recebem ventos fortes, principalmente se ela estiver pendurada na parede, porque, além das quedas, esse é um dos fatores que causa desidratação na planta e, consequentemente, deixa suas folhas amareladas.  

Faça regas frequentes, porque ela gosta de umidade. Três vezes na semana costuma ser suficiente, mas observe atentamente e faça ajustes. Quanto à manutenção, retire as folhas secas ou queimadas e, a cada três meses, adube com pastilhas ou esterco bovino. 

Conheça os kits completos para cultivar plantas em ambientes internos e externos. Compre online, receba em casa e crie sua selva urbana!

Replantio e substrato 

O primeiro passo é replantar a muda de samambaia havaiana para um vaso que tenha, no mínimo, duas vezes o tamanho do recipiente no qual ela foi adquirida. Proporcionar espaço é uma forma de garantir que a planta vai crescer saudável. 

Se o vaso escolhido for de plástico, faça uma camada de drenagem no fundo usando argila expandida ou pedra brita. Essa etapa impede o contato das raízes com possíveis excessos de regas e dificulta o apodrecimento. Se for um vaso de fibra natural, a camada não é necessária. 

Mini-samambaia havaiana em vaso marrom, a frente. No fundo: mini-samambaia havaiana em vaso pendente.
O replantio da mini-samambaia havaiana é necessário para proporcionar mais espaço e incentivar o crescimento. Imagem: Plantei Garden Center.

Independentemente da escolha, os furos no fundo são essenciais. A água deve ser absorvida rapidamente pelo substrato e escoar após as regas. 

Com o vaso preparado, prepare o substrato. É muito fácil encontrar opções específicas para samambaias em lojas de jardinagem, mas você pode fazer em casa seguindo uma das seguintes receitas:

  • Opção 1: Terra vegetal, fibra de coco e areia grossa, na proporção de 1:1:1
  • Opção 2: Terra vegetal, terra comum e húmus de minhoca, na proporção de 1:1:1

O carvão vegetal e a casca de pinus também podem ser acrescentados ao mix. 

Coloque uma parte do substrato pronto no novo vaso. Em seguida, retire a muda do recipiente antigo apertando as laterais com firmeza, para que solte com facilidade. Ao movê-la, mantenha o máximo de substrato no entorno das raízes, para protegê-la durante o processo de replantio. 

Posicione a mini-samambaia no centro do vaso e coloque mais substrato, até preencher completamente. Por fim, faça uma rega generosa.

Onde comprar

Como escolher o vaso certo?

Os vasos que já vem com furos embaixo são mais práticos, mas, caso escolha um cachepô, basta perfurar o fundo. Se a intenção for pendurar em um suporte, escolha um modelo de material leve. 

Confira, abaixo, modelos incríveis para cultivar sua mini-samambaia havaiana! 

Vaso cuia

Assim como outros tipos de samambaias, a mini-havaiana é um tipo de planta ideal para pendurar em pilares ou nas paredes de ambientes internos ou externos. 

Os vasos mais indicados para essa finalidade são os modelos redondos ou no formato de cuia com bordas, porque permitem o encaixe de alças plásticas ou de suportes de aço. 

Vaso autoirrigável 

As samambaias não só se adaptam como adoram os vasos autoirrigáveis. É a melhor opção para quem viaja com frequência e não quer que a planta sofra com a falta de umidade. 

Esse tipo de vaso proporciona autonomia em relação às regas, são completamente fechados e anti-dengue. 

A imagem mostra vasos autoirigáveis médios e jardineiras autoirrigáveis da marca Raiz.

Vaso de fibra de coco

Os vasos feitos de fibra de coco são resistentes e retém mais umidade no substrato, proporcionando um ambiente mais agradável para a mini-samambaia havaiana.

Esse tipo de material é relativamente similar ao habitat natural das samambaias, por isso, facilita a adaptação das mudas e o enraizamento. E, além da funcionalidade, ficam lindos pendurados em ambientes externos, como pergolados e varandas. 

Mini-samambaia havaiana em vaso de fibra de coco, pendurada com correntes presas em um prato preto de plástico.
O vaso de fibra de coco ajuda na adaptação da mudas de samambaias. Imagem: Plantei Garden Center.

Dúvidas frequentes

Confira, abaixo, as respostas para as dúvidas mais frequentes em relação ao cultivo da mini-samambaia havaiana! 

Posso trocar o vaso de lugar? 

Depende. Se a planta estiver apresentando sinais de que está saudável, não troque o vaso de lugar. As mudanças bruscas de incidência de luz sobre a planta podem prejudicar o crescimento das samambaias. 

Se a direção do sol no ambiente mudou e chega diretamente nas folhas da samambaia havaiana, procure um outro espaço ou use alguma forma de proteção, como sombrites ou vasos de plantas maiores. 

Muda de mini-samambaia havaiana em vaso cuia pequeno.
Muda de mini-samambaia havaiana em vaso cuia de tamanho pequeno. Imagem: Plantei Garden Center

🪴 Dica da Plantei: o livro Paisagismo de bolso — Folhas, escrito por Carol Costa facilita o processo de encontrar a variedade ideal para cada ambiente a partir das cores ou preferências da planta.

Quantas vezes devo regar a mini-samambaia?

A frequência de regas varia de duas a três vezes por semana. Mas, pode variar bastante porque depende das condições climáticas da sua região e, também, do tipo do substrato em que está. 

O segredo é manter o substrato sempre úmido, mas sem encharcar. 

Posso molhar as folhas da samambaia havaiana?

Não é recomendado borrifar água diretamente nas folhas da planta. O ideal é borrifar no entorno da samambaia, para aumentar a umidade relativa do ar no ambiente. 

A imagem mostra três tipos de medidores de umidade para colocar no solo ou substrato.

Veja também
Plantas roxas: coleus, abacaxi-roxo e lambari zebrina.

Ela gosta de sol?

Não. A mini-samambaia havaiana não gosta de sol. Posicione o vaso em locais de meia-sombra, sem incidência de luz solar direta nas folhas.

Como e quando fazer podas?

A mini-samambaia havaiana precisa de podas de limpeza e de formação. Retire as folhas que estão secas ou queimadas com o auxílio de uma tesoura. 

“Observe se há folhas meladas ou apodrecidas, com um tom marrom claro ou aparência derretida. Retire as folhas da mini-samambaia havaiana que estão mais próximas do substrato, assim, evita apodrecimento da parte de baixo, que pode comprometer a planta devido aos fungos que estão nessa parte”, orienta Daniel Barreto, biólogo da Plantei Garden Center. 

Mini-samambaia havaiana com folhas bem verdes e saudáveis.
As podas ajudam a estimular o crescimento. Imagem: Plantei Garden Center.

Como adubar a mini-samambaia havaiana?

Use esterco bovino ou ureia ou pastilhas de liberação lenta específicas para samambaias. As duas primeiras opções são ricas em nitrogênio e ajudam a deixar as folhas mais verdinhas. 

Já as cápsulas são recomendadas para iniciantes em adubação, porque são fáceis de usar: basta colocar na borda do vaso ou cachepô e os nutrientes vão sendo liberados gradualmente. 

Mini-samambaia havaiana

Gostou de aprender sobre essa planta?

Salve o resumo desse conteúdo exclusivo elaborado pela Plantei Garden Center para não esquecer nada! 

  • Tipo de ambiente: interno ou externo
  • Tipo de vaso: modelo cuia, autoirrigável ou fibra natural
  • Substrato: terra vegetal, húmus de minhoca, fibra de coco, carvão vegetal, casca de pinus
  • Luminosidade: sol indireto
  • Regas: frequentes, de duas a três por semana 
  • Podas: de limpeza e formação
  • Adubação: esterco bovino, ureia ou pastilhas*
  • Onde encontrar: clique aqui, compre online e receba em casa!

🪴 Dica da Plantei: clique aqui e participe do nosso grupo VIP da Plantei no Whatsapp. Receba descontos especiais e conteúdos exclusivos sobre plantas! 

Conheça outros tipos de samambaias

Você sabia que há inúmeras variedades de samambaias para escolher e colecionar?

Elas apresentam diferenças no porte e também no tipo das folhas, que variam em tamanho, textura e na intensidade das cores. Conheça 12 opções e suas características:

🪴 Dica da Plantei: há muitas outras plantas de meia-sombra que desenvolvem bem dentro de casa, como as alocasias, marantas e as ficus. Confira uma lista com 10 opções clicando aqui

Sobre a Plantei Garden Center

A Plantei Garden Center é especializada em casa & jardim e, desde 2013, oferece ao público uma grande variedade de produtos para facilitar o cultivo, a manutenção e a ornamentação de ambientes com plantas. 

Visite nossa loja física em Salto Grande (SP) ou acesse a loja virtual, compre online e receba em casa! 

Papel semente: folhas A4 com sementes na composição para utilizar e depois plantar.


© 2013 - 2023 | Blog da Plantei. Todos os Direitos Reservados.
Voltar para o topo