Pesquise por hashtags, nomes, e assuntos Pesquisar

Aprenda como cultivar cactos

Um dos problemas de quem viaja para longe é deixar as plantas sem cuidado por longos períodos de tempo. Mesmo com soluções de produtos auto irrigáveis que temos hoje no mercado, que tal ter algumas plantas que se dão bem sem muitos cuidados!?

O que são e como são os cactos

Os cactos são perfeitos nesse sentido de serem (quase) independentes. Como são originários de ambientes quentes e áridos, resistem bem a ambientes estressantes. Por conta disso, exigem pouca irrigação, fertilização e manutenção, como veremos a seguir. São 84 gêneros e 1400 espécies nativas das Américas e são frequentemente utilizadas como plantas ornamentais e na agricultura.

A fotossíntese do cacto acontece no caule e é nele que a água é armazenada. Outra característica notável é a presença de uma substância cerosa na superfície do caule que faz com que a água não se espalhe pela superfície, escorrendo ao invés disso e indo direto para a terra para ser absorvida pelas raízes. Com a evolução, as folhas se tornaram espinhos, que por sua vez não são venenosos mas ainda podem machucar.

Cactos como objetos de decoração

A aparência grosseira dos cactos cria um lindo contraste em ambientes modernos. Diversas combinações de espécies podem ser colocadas dentro de um mesmo vaso (mini-jardins) ou compor jardins elaborados com ótimos resultados, dada a diversidade dessas plantas. Isso acontece pois existem diversas espécies e a grande maioria possui flores e frutos. Essa última característica também atrai pássaros quando os cactos são cultivados em ambientes externos.

Se você nunca viu seu cacto florir, se prepare, pois podemos afirmar que todas, todas as flores de cactos são lindas e diferentes. Depois de realizar vários testes a Plantei indica o produto Forth Cactos como a melhor opção do mercado para tal finalidade, após o uso tivemos grandes surpresas, assistindo a floração de cactos que nunca tinham florido.

No Pinterest você pode ver diversas ideias de decoração com os mais diversos tipos de cactos e de vasinhos em vários cômodos da casa.

Cultive cactos agora mesmo!

Cultivar cactos pode ser bastante divertido e você corre o risco de ter quase uma centena dessas pequenas plantas espalhadas pela casa. Vejamos 10 passos para um correto cultivo:

1. Escolha um prato ou tigela rasos. Em ambientes úmidos opte por vasos rasos de cerâmica pois este material poroso faz com que a água evapore mais rápido.

2. Tenha terra para cactos, cascalho ou areia, adubo com nitrogênio e fósforo.

3. Escolha seu cactos preferidos. Algumas dicas de espécies para cultivo em casa: figueira da Índia, alfineteiro e rebutia.

4. Coloque seus cactos na terra usando luvas para não se machucar. Aperte a terra ao redor do cactos apenas o suficiente para que ele fique em pé.

5. Coloque uma camada de cascalho ou areia sobre a terra ao redor do cactos.

6. Coloque a planta em um lugar quente de modo que receba sol de quatro a seis horas por dia. A ausência de sol faz a planta não florir. Não deixe ele em locais abafados.

7. Molhe os cactos uma vez por mês até a água sair pela drenagem do vaso. No inverno não regue, pois o cacto entra em repouso e a água pode facilitar o desenvolvimento de bactérias e fungos.

8. Fertilize-o com o adubo diluído em água durante a primavera e o verão.

9. Faça o replantio quando observar que o desenvolvimento está lento. Isso é sinal que as raízes não tem espaço para se desenvolver ou que o substrato está esgotado.

10. Caso você identifique alguma praga como cochonilhas ou pulgões, apenas retire a planta do vaso e limpe com uma escova macia e sabão neutro até eliminar todos os vestígios. Deixe então ele secar por cinco dias e depois replante-o em um novo vaso com um novo substrato.

Cactos parecem complicados mas não são. Siga nossas dicas de cultivo que certamente sua planta irá vigorar e decorar sua casa.

Caso tenha alguma dúvida ou queira compartilhar uma experiência deixe um comentário!

image

Comments

comments

Feito por Nerau Studio