Flores de inverno – Elas enchem o jardim de cor na estação fria

1 comentário

      Conheça algumas plantas que decidem florir quando as demais espécies preferem se esconder no jardim.

      O inverno é a estação em que, para economizar energia, muitas plantas deixam de florir e até paralisam o crescimento.

      Algumas espécies, no entanto, vão na contramão: amantes do frio, elas escolhem justamente esta época para exibir toda a alegria de suas flores. Sorte de quem as cultiva no jardim, que topa com uma paisagem colorida mesmo na estação gelada.

      É claro que o comportamento delas – assim como o das plantas que se enchem de flores em outros períodos – pode variar dependendo da região onde são cultivadas. O rododendro (Rhododendron arboreum), que no Brasil floresce no final do outono e no inverno, se comporta de outra forma nos países de clima temperado. Lá, as flores rosa despontam na primavera que, por sinal, tem temperaturas bem mais baixas que as do inverno brasileiro.

     rhododendron arboreum

      A acácia-mimosa (Acacia podalyriifolia) e a camélia (Camellia japonica) são outras duas espécies cujas floradas alegram o jardim entre os meses de junho e setembro. O espetáculo proporcionado por suas flores vistosas – elas são, respectivamente, amarelas e vermelhas -, porém, só pode ser apreciado nas regiões serranas, no Sul e no Sudeste do Brasil. É que nas demais áreas do país, onde as temperaturas são mais elevadas, a florada costuma ser menos intensa e, em alguns casos, os botões nem sequer se formam.

Acacia_podalyriifolia

Flores e perfumes

      Para aqueles que buscam mais do que beleza, a Natureza criou algumas espécies cujas flores, além de enfeitarem o jardim no inverno, perfumam os ambientes. Uma delas é o jasmim-dos-poetas (Jasminum polyanthum), conhecido também como jasmim-de-inverno. Suas flores brancas com o cálice róseo são minúsculas, mas intensamente perfumadas, e surgem aos montes entre o outono e o inverno.

      A espécie trepadeira é uma ótima opção para se arrematar arquinhos e caramanchões e, por ser bastante ramificada, é capaz de cobrir rapidamente as estruturas no jardim.

Jasminum_polyanthum

Entre as plantas arbustivas, o manacá-de-jardim (Brunfelsia uniflora) – ou de cheiro – é uma das opções para quem quer um jardim florido e perfumado nos meses frios. Suas flores de aroma intenso mudam de cor com o tempo: elas despontam azul-arroxeadas e vão ficando esbranquiçadas com o passar dos dias. O efeito proporcionado pela mistura de tons é belíssimo.

Brunfelsia_uniflora

Friozinho dos trópicos

      Entre as espécies tropicais, que como o nome indica adaptam-se melhor a regiões de clima mais quente, também existem aquelas que escolhem o inverno para florescer. Uma delas é o cipó-de-são-joão (Pyrostegia venusta), uma planta nativa do Brasil. Com sua florada escandalosa, a trepadeira pinta de amarelo os jardins tropicais nos meses frios e ainda atrai beija-flores e maritacas.

pyrostegia-venusta

A eritrina-candelabro (Erythrina speciosa), que é tão atraente para a avifauna quanto o cipó-de-são-joão, é outra espécie tropical que mostra todo o seu esplendor quando as temperaturas ficam mais amenas. O curioso é que a árvore de até 5 m de altura se enche de flores ao mesmo tempo em que despe-se de sua folhagem, o que destaca ainda mais o vermelho das inflorescências.

A espécie é originária das regiões litorâneas do Sul e do Sudeste brasileiro e, por conta de seu crescimento rápido, costuma ser usada na composição de cercas vivas e na formação de renques.

Erythrina speciosa - Mulungu-do-litoral

Orquídeas vistosas até no frio

      As orquídeas produzem algumas das flores mais bonitas na Natureza e, para sorte dos amantes dessas plantas, são muitas as espécies que escolhem os meses mais gelados para florescer. No caso do cimbídio (Cymbidium hybrid), que é originário de regiões de altitude, como Himalaia, o apreço pelo frio é tão grande que regar a planta com água gelada potencializa a florada no inverno.

cymbidium hybrid

Entre as orquídeas nativas do Brasil, duas espécies muito ornamentais escolhem essa estação para mostrar sua bela florada: a catleia (Cattleya walkeriana Carmen) e o sapatinho-de-vênus (Paphiopedilum hybrid). Enquanto as flores da primeira começam a despontar no outono e duram até o inverno, as do sapatinho-de-vênus só começam a se abrir no final da estação fria.

cattleya carmen

paphiopedilum hybrid

      Agora já sabe como ter um jardim colorido e florido mesma em épocas frias. 😉

Fonte – Revista Natureza, edição 330, Editora Europa

Uma resposta para "Flores de inverno – Elas enchem o jardim de cor na estação fria"

  • Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *