Lendo agora
Cananga-do-Japão: conheça essa planta ornamental

Cananga-do-Japão: conheça essa planta ornamental

cananga-do-japão

A Cananga-do-Japão (Kaempferia rotunda) é popularmente conhecida como flor-da-ressurreição, orquídea-misteriosa ou ylang-ylang-da-terra. 

Originária da região do Himalaia, Índia e de países próximos, a planta pertence à família do gengibre e é uma herbácea perene, que chega a até 60 centímetros de altura.

É ideal para cultivo em jardineiras – desde que tenha mais de 30 centímetros de profundidade, pois trata-se de uma planta bulbosa – ou em canteiros de jardins.

Quer aprender a cultivar a cananga-do-Japão? Continue a leitura e veja as preferências da planta! 

kaempferia-rotunda
Imagem: lepidoptera.butterflyhouse.com.au

Cananga-do-Japão: como cultivar

O solo precisa ter boa drenagem e ser rico em matéria orgânica. Antes de plantar os bulbos em canteiros, deixe-o úmido e abra pequenas covas para colocá-los. 

Depois de posicioná-los, cubra-os com uma camada de substrato de aproximadamente 5 centímetros. 

A vantagem de cultivá-la é que todos os períodos do ano são indicados para o plantio da cananga-do-Japão. 

substrato carolina

  • Cultivo em vasos 

Escolha vasos com mais de 30 centímetros de profundidade, para que o bulbo da cananga-do-Japão tenha espaço para crescer.

Faça uma camada de drenagem no fundo com argila expandida ou brita, pois assim a água não fica retida junto às raízes da planta. Prepare um bom substrato para plantio seguindo as recomendações mencionadas anteriormente.  

Em períodos de frio muito intenso ou de geadas, coloque o vaso em um ambiente protegido. 

bulbos de flores

  • Luz, clima e regas

A cananga-do-japão aprecia sol pleno ou meia-sombra, portanto, observe o comportamento do sol antes de escolher o local definitivo de plantio. 

Quanto ao clima, aprecia o tropical quente e/ou subtropical. Porém, não tolera geadas, que são altamente prejudiciais para a planta. 

Veja também
como plantar cenoura

Já as regas devem ser feitas somente quando o substrato estiver seco. 

Flor da cananga-do-Japão

O valor ornamental da cananga-do-Japão está bastante presente nas flores. Elas lembram algumas variedades de orquídeas e mesclam as cores lilás e branco, deixando qualquer jardim ainda mais bonito. 

A duração é curta: em média, ficam abertas por apenas três dias. A vantagem em cultivá-la em canteiros é que duram toda a primavera.

E, após o término da floração, surgem folhas verdes e longas, que também possuem valor ornamental.

cananga-do-japão
Imagem: flores.culturamix.com

Cuidados com a cananga-do-Japão

  • A umidade do solo de canteiros é suficiente para a planta, que dispensa regas frequentes, portanto, irrigue somente quando o solo estiver bem seco;  
  • Quando as folhas começarem a aparecer, faça adubação com NPK 4-14-8; 
  • Atenção: a propagação é feita pela divisão dos rizomas. Após o período de dormência, que acontece no inverno, a planta volta a produzir folhas e flores!

Fonte

Revista Natureza, edição 335 – Ano 29 – Editora Europa

cupom de desconto - loja plantei

Comments

comments

Comentários (2)

Deixe uma rsposta

Your email address will not be published.


© 2020 Blog da Plantei. Todos os Direitos Reservados.
Voltar para o topo