Lendo agora
Como fazer kokedama para plantas

Como fazer kokedama para plantas

kokedama

Kokedama é o nome dado a uma técnica de origem japonesa que consiste em envolver a planta dentro de uma esfera de musgo, substrato e argila, sendo desnecessário o plantio em vaso. 

O uso na decoração é amplo: pode ficar sobre centros de mesa, aparadores, estantes ou pendurados em estruturas verticais, cercas e paredes.

Neste artigo explicamos o passo a passo para fazer kokedama para plantas e decorar sua casa com muito mais estilo. Mãos à terra!

kokedama suspenso na decoração

Plantio em kokedama 

O primeiro passo é escolher a planta! Veja algumas espécies que se adaptam bem à técnica e escolha sua favorita: 

  • Begônia
  • Jiboia
  • Hera
  • Suculentas
  • Samambaias
  • Orquídeas

Materiais

  • Substrato para plantas
  • Húmus de minhoca
  • Musgo esfagno verde
  • Cordel de linha
  • Água
  • Muda de planta escolhida 

Como preparar o kokedama

Primeiramente, escolha a planta e retire o máximo de terra das raízes, mas com cuidado para não danificá-la. 

Em seguida, faça uma mistura de substrato para plantas e húmus de minhoca. Vá adicionando água aos poucos até virar uma massa.

musgo kokedama

Molde essa mistura até atingir o formato de uma bola. Essa massa precisa ficar firme, pois é ela que envolve as raízes e as mantém estáveis quando são penduradas em estruturas suspensas. 

Faça um buraco no centro da bola utilizando o polegar. Então, encaixe a planta com as raízes limpas nesse espaço. Cubra o restante do espaço buraco com terra ou substrato.

kokedama com orquídea

O próximo passo é cobrir toda a bola com musgo verde, sempre fazendo uma leve pressão para fixá-lo. Depois de fazer a cobertura completa, enrole a bola com o cordel de linha, passando a linha por todos os lados da bola, antes de dar um nó.

Por último, utilize um borrifador para espirrar água por todo o musgo. Se preferir, você pode acrescentar um longo pedaço de nylon ou arame para pendurar o kokedama em um suporte. 

Veja também
como plantar acelga

Kokedama: como regar

Os cuidados são bem simples. Para regas, por exemplo, basta utilizar a técnica de imersão, enchendo um recipiente com água e mergulhando somente a esfera com musgo. 

substrato para plantas

Como usar na decoração

Você pode utilizar a kokedama na sala, escritório, cozinha, varanda de apartamentos e em ambientes externos, como jardim de inverno, espaços com pergolado e áreas de lazer. 

A única preocupação deve ser em relação às condições de luminosidade do ambiente, que precisam ser adequadas à espécie cultivada. Assim, as plantinhas não são prejudicadas pela falta ou excesso de luz e sol. 

Cuidados

  • Begônias: gosta de luz intensa, mas não de sol direto. Lembre-se de diminuir as regas durante o inverno, para evitar fungos nas flores e folhas. 
  • Jiboia: aprecia a luz em abundância. Então, posicione o kokedama em um espaço que seja de sombra parcial. 
  • Hera: a planta é muito versátil e se adapta às condições de sol pleno ou meia-sombra. 
  • Suculentas: há variedade que preferem sol pleno e outras se desenvolvem melhor à meia-sombra. A abundância de luz no ambiente é fundamental para o desenvolvimento. 
  • Samambaias: se desenvolvem melhor à meia-sombra ou sombra e em locais de alta umidade. Não apreciam locais onde há ventos constantes, pois a ação desidrata as folhas. 
  • Orquídeas: cada gênero e variedade de orquídea demanda cuidados diferentes. Mas, de forma geral, se adaptam bem em espaços que recebem a luz solar do início da manhã (até às 9 horas) ou do finalzinho da tarde (após as 16 horas). 

Agora que você já aprendeu como fazer kokedama para as plantas, escolha suas espécies favoritas e mãos à terra!


Comments

comments

Comentários (2)

Deixe uma rsposta

Your email address will not be published.


© 2020 Blog da Plantei. Todos os Direitos Reservados.
Voltar para o topo