Fertilização de orquídeas

     Quando se trata de fornecer fertilizantes às orquídeas, existe um mundo de possibilidades. Cada cultivador prefere seu método, seja ele orgânico ou inorgânico. No entanto, qualquer que seja a adubação escolhida, ela deverá fornecer os elementos químicos essenciais ao bom desenvolvimento e floração das orquídeas.

     Podemos dividir estes compostos em macro e micronutrientes. Ambos são igualmente importantes, a diferença está apenas na quantidade requerida pelas orquídeas, muito menor no caso dos micronutrientes.

     O que são macronutrientes?

     Os macronutrientes são os componentes da famosa sigla NPK de todos os fertilizantes industrializados. Nitrogênio (N), Fósforo (P) e Potássio (K) são os pilares de qualquer adubação vegetal. Eles são essenciais para que a planta cresça, floresça e frutifique. Cálcio (Ca), Magnésio (Mg) e Enxofre (S) também são incluídos nesta categoria.

     Quem são os micronutrientes?

     Já os micronutrientes são menos abundantes, sendo consumidos em quantidades muito pequenas, mas são igualmente importantes para todos os processos do desenvolvimento das orquídeas. Dentre eles, temos Boro (B), Cloro (Cl), Cobre (Cu), Ferro (Fe), Manganês (Mn), Molibdênio (Mo), Cobalto (Co), Níquel (Ni) e Zinco (Zn).

     Diferentes fórmulas de fertilizantes

     Sempre que formos adquirir um fertilizante, é importante verificarmos no rótulo se estes elementos acima citados estão presentes, e em quais quantidades. Existem adubos comerciais com composições próprias para o cultivo de diferentes plantas, tais como orquídeas, suculentas, frutíferas, etc. Casa qual terá uma necessidade diferente em termos do balanço dos nutrientes. Além disso, mesmo os adubos específicos para orquídeas podem trazer fórmulas diferentes.

     Fertilizante para manutenção

     Adubos com esta finalidade possuem quantidades iguais de NPK. Geralmente, são vendidos como 10-10-10 ou 20-20-20, indicando que há partes iguais de nitrogênio, fósforo e potássio na composição. Nem todos desta categoria possuem micronutrientes, é preciso verificar o rótulo.

     Fertilizante para crescimento

     Estas composições são destinadas a mudas jovens, em fases iniciais de desenvolvimento, quando o elemento químico Nitrogênio (N) é mais requerido. É fácil identificar esta fórmula, já que o primeiro número é sempre maior. Por exemplo, 30-10-10.

     Fertilizante para floração

     Neste caso, o intuito é estimular a planta a florescer. A adubação rica em Fósforo (P), durante o período que antecede a floração, auxilia na indução do processo. Isso desde que os demais fatores, tais como luz e temperatura, estejam corretamente ajustados. Uma fórmula típica de adubo para floração seria 10-30-10. O mais importante é a proporção relativa, mais do que os números absolutos.

     Adubação orgânica

     Os fertilizantes orgânicos irão, em última instância, fornecer os mesmos nutrientes essenciais ao desenvolvimento das orquídeas, assim como as formulações industrializadas acima citadas. A diferença é que eles são fornecidos sob a forma de elementos naturais, tais como torta de mamona, farinha de osso, cascas de ovos, borra de café, cinzas de madeira, húmus de minhoca ou compostagem.

     Todo este material precisará ser degradado por micro-organismos, como fungos e bactérias, que decomporão o material, liberando os macro e micronutrientes a serem posteriormente utilizados pelas plantas. Para o cultivo em interiores, é importante estar atento ao fato de que este processo pode atrair pequenos insetos, além de exalar alguns odores.

 

Sergio Oyama Junior

http://www.orquideasnoape.com.br/

 

 

 

Comments

comments

7 respostas para "Fertilização de orquídeas"

  • As minhas folhas estão manchadas e em algumas partes quebradas , talvez por serem grandes. Então fiz o aconselhado : cortar e passar musgo de babosa com canela. Não regenerou nada e estou triste , pois tenho mto carinho com elas. As maçãs tb continuam.

  • Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *