Lendo agora
Jade azul: como cuidar da planta

Jade azul: como cuidar da planta

Jade azul com cachos e flores pendentes.

A jade azul (Strongylondon macrobothrys) é uma planta trepadeira que se destaca em qualquer jardim, já que o nome popular descreve exatamente a cor das flores, que são em azul vibrante e surgem em cachos pendentes. 

A planta, que é nativa das Filipinas, é cultivada aqui no Brasil sob pergolados, colunas ou estruturas verticais de jardim. Quer cultivá-la na sua casa? Leia o artigo e confira as dicas! 

Jade azul: veja como cuidar

Daniel Barreto, biólogo da Plantei Garden Center, explica que a jade azul gosta de climas úmidos e calor. “É uma planta muito indicada para coberturas de pergolados ou cerca viva. A meia-sombra que ela forma em si mesma vai deixar o clima ideal para lindas floradas. Com regas diárias, essa parte sombreada segura a umidade e o calor necessário para isso.”

Jade azul com cacho de flores pendentes.

Quanto ao tipo de solo e/ou substrato, o biólogo ressalta que “vale lembrar que, ao contrário da maioria das flores que exigem cuidados mais cautelosos, a jade azul gosta de um solo mais argiloso e um pouco compactado”. 

A recomendação é que um terço da mistura seja de argila expandida moída, terra argilosa ou até mesmo, em último caso, de tijolo bem moído. Um exemplo: 50% húmus, 20% areia e 30% terra argilosa. “Os solos que apresentam argila são ricos em cálcio e magnésio, que proporcionam boa fertilidade para a jade azul”, destaca.

Caso o plantio inicial seja feito em vaso, faça uma camada de drenagem com argila expandida ou brita e depois acrescente o mix ou substrato. “Plante sua muda primeiro em um vaso de 10 litros, com tutor. Pode ser uma estaca de bambu de 1,5 a 2 metros. Depois de um ano, plante no local definitivo”, orienta.

A imagem mostra medidores de umidade leves e portáteis para colocar em vasos.

Floração e adubação

As flores demoram de um a três anos para surgir. Os adubos são essenciais para estimular a floração, que costuma acontecer no final do inverno e segue até a primavera. 

Daniel recomenda que a adubação seja feita entre os meses de agosto a fevereiro. “Use adubação rica em nitrogênio, esterco bovino, NPK 30 10 10, ureia ou os adubos orgânicos, como bokashi e ferti peixe.”

“Depois, é hora de preparar a jade azul para a floração. Se você fez a lição de casa seguindo aquelas adubações, use um NPK rico em fósforo e potássio (09 45 15, 04 14 08) ou o Forth Flores. A melhor opção é foliar a cada 15 dias até o início do surgimento dos cachos.” O biólogo alerta que, durante a floração, a adubação foliar não precisa ser interrompida. O único cuidado é evitar borrifar nos cachos.

Confira na loja:

Substrato Carolina: para uso doméstico e profissional.

Usos em pergolados

O uso mais comum da jade azul é como planta trepadeira. São utilizadas em pergolados, em coberturas de estruturas ou amparadas nas colunas da casa. Quando cultivada em condições adequadas, o crescimento é considerado rápido. 

Veja também
como plantar couve

Para fins ornamentais, é importante tutorá-la e fazer podas recorrentes. Assim, o crescimento é controlado. 

Quem cultiva a jade azul no jardim precisa incluir podas de limpeza e de contenção na manutenção do jardim. Além de ajudar com o crescimento da planta, influencia na renovação das folhagens. 

Jade azul: onde comprar

Quer ter uma jade azul no seu jardim?

Adquira já a muda na Plantei Garden Center. Ela é feita de estaca e é enviada com, no mínimo, 50 centímetros (considerando do torrão ao topo da planta). Clique aqui e confira as informações no site.

Veja outras plantas trepadeiras:

Cupom de desconto da Loja Plantei.

Comments

comments

Comentários (0)

Deixe uma rsposta

Your email address will not be published.


© 2020 Blog da Plantei. Todos os Direitos Reservados.
Voltar para o topo