Lendo agora
5 opções para canteiros de flores

5 opções para canteiros de flores

Quer renovar os canteiros de flores para as próximas estações e não sabe por onde começar? 

Confira nossas dicas do que plantar no jardim e aprenda quais são suas preferências de luminosidade, frequência de regas e recomendações de cuidados das variedades indicadas. 

Neste artigo explicamos como semear crista-de-galo e a prímula e apresentamos um passo a passo de como cultivar kalanchoe, a cinerária e o beijo-pintado. Confira! 

Preparo de canteiros

Cada tipo de flor apresenta uma necessidade diferente em relação ao solo.

Algumas preferem locais mais arenosos, outras apreciam solos férteis e há as que precisam de ambientes ricos em matéria orgânica para se desenvolver e florescer. 

canteiros de flores

Uma dica útil para qualquer plantio em canteiro é revolver o solo por, aproximadamente, 20 centímetros de profundidade.

O objetivo é deixar a terra solta, sem nenhum tipo de torrão. Adicione húmus de minhoca ou esterco para deixá-lo mais rico. 

Preparo das mudas ou sementes

Escolha as flores para os canteiros de acordo com as especificidades do local que você dispõe para plantar. 

A principal dica para ter sucesso nos cultivos é observar a incidência de luz no espaço, ou seja, se há sol direito (e por quanto tempo permanece) ou sombra parcial. Assim, você escolhe as flores que se desenvolvem bem em cada uma destas condições. 

canteiros de flores

Ao adquirir mudas em viveiros, faça a ambientação aos poucos. Como elas estão num ambiente controlado – de regas, adubação e iluminação – não as coloque diretamente no sol pleno, ainda que apreciem estas condições.  

Caso faça o plantio por sementes, observe a época certa para semear a variedade escolhida e use sementeiras. Só faça o transplante para o canteiro quando a muda estiver com mais de 10 centímetros. 

Canteiro de flores

Agora que você já aprendeu sobre o preparo do espaço e a escolha dos cultivos, confira algumas sugestões do que plantar em canteiros de flores e mãos à terra! 

1 – Cinerária (Senecio

Se você aprecia canteiros floridos, mas quer cultivar a mesma variedade, aposte na cinerária!

A planta produz flores em diferentes cores e em tons de roxo, cor-de-rosa, vermelho, branco e até mesmo mesclados.  

cineraria em canteiros de flores

Faça o plantio em locais que recebam bastante luz, mas que sejam de meia-sombra.

Quanto aos cuidados, a frequência de regas é constante e as podas de manutenção de folhas e flores secas ajudam no desenvolvimento da planta.

2 – Beijo pintado (Impatiens) 

A Impatiens hawkeri, popularmente conhecida como “beijo pintado” é uma ótima opção para canteiros de flores. As cores vibrantes chamam atenção, já que há inflorescências em tons fortes de pink e vermelho. 

beijo pintado

É uma planta fácil de cultivar, mas exige atenção com as regas. Nos períodos mais quentes é preciso atentar-se para manter o substrato bem úmido. Caso contrário, as flores e as folhas ficam murchas e a planta pode até secar. 

Na hora de escolher o local, opte pelos espaços do jardim que são bem iluminados e recebem sol no início da manhã ou no final da tarde. A Impatiens não sobrevive por muito tempo se for exposta a sol pleno por várias horas. 

3 – Kalanchoe 

Fácil de encontrar e cultivar, a Kalanchoe dobrado é uma das queridinhas nos jardins! 

São facilmente encontradas em vermelho, pink, amarelo, laranja, cor de rosa e branco. Essa variedade de cores permite criar composições incríveis nos canteiros de flores, a partir da combinação dos tons desejados. 

Kalanchoe

Antes de escolher o local, atenção: elas preferem ambientes com luz intensa e de meia-sombra.

As regas podem ser feitas apenas uma vez por semana e a água deve ser direcionada ao substrato, evitando o contato com flores e folhas. 

jardim vertical

4 – Prímula 

A Primula obconica traz vida para os canteiros de flores! São várias opções de cor única – como amarelo, roxo, vermelho, cor de rosa, etc – e também há pétalas que mesclam tons mais claros e escuros. O centro das flores é sempre amarelo vivo. 

Veja também
couve-flor

A planta aprecia luz intensa e tolera o sol direto, mas prefere ambientes mais frescos.

As regas devem ser frequentes, para que o substrato fique úmido, mas sem encharcamento. Já as podas podem ser de manutenção, retirando folhas e flores secas. 

Como semear prímula?

Prepare as sementeiras com substrato para plantio. Em seguida, coloque três sementes por célula a uma profundidade de 0,5 (meio) centímetro.

sementes de primula

Com clima ameno a planta se desenvolve melhor. A germinação acontece entre 15 e 30 dias. Faça o transplante para o local definitivo depois de um mês ou quando a planta estiver com mais de 10 centímetros.

5 – Celósia (Celosia Cristata)

Outra opção ideal para os canteiros de flores são as celósias, popularmente conhecidas como “crista-de-galo”. Elas podem ser utilizadas para bordadura ou forração do espaço de cultivo. 

Apreciam locais bem iluminados e suportam bem o sol pleno e regiões quentes. Porém, nestas condições, precisam de regas mais periódicas. 

Os cuidados são simples: retire as folhas e flores secas e faça podas de manutenção quando for necessário, já que crescem bastante em altura. 

Como plantar crista-de-galo?

O plantio da celósia pode ser feito a partir das sementes.

Prepare um substrato para plantio e preencha as sementeiras. Em seguida, coloque as sementes no substrato a 0,5 (meio) centímetro de profundidade.

sementes de celosia

Faça regas utilizando um borrifador, sempre no início da manhã ou no final da tarde. A germinação acontece entre o 5º e o 14º dia.

Quando as mudas chegarem a 6 centímetros, faça o transplante para o local definitivo. 

Canteiros de flores 

Gostou das dicas para canteiros de flores? Quer ter um jardim florido o ano todo? Aqui no blog temos vários artigos com dicas de plantio e ideias de cultivo. Confira! 

mudas de rosa do deserto

Comments

comments

Comentários (0)

Deixe uma rsposta

Your email address will not be published.


© 2020 Blog da Plantei. Todos os Direitos Reservados.
Voltar para o topo