Lendo agora
Como podar rosa do deserto: passo a passo

Como podar rosa do deserto: passo a passo

como podar rosa do deserto

As rosas do deserto amam podas bem drásticas no início da primavera! 

O procedimento é feito cortando as pontas de todos os galhos da planta, que, futuramente, produz mais ramificações de galhos e florações maravilhosas. Esse cuidado exige bastante atenção, por isso listamos as principais dúvidas sobre o tema e trouxemos todas as respostas neste artigo.

Quer aprender a podar a rosa do deserto com sucesso?

Leia o artigo com as dicas do Daniel Barreto, biólogo da Plantei Garden Center, que trabalha diariamente com esta espécie!

Como podar a rosa do deserto?

Deve-se retirar, no mínimo, 40% das hastes principais da planta e também os galhos mais finos e ou indesejados que surgiram depois, mantendo, assim, sua forma com galhos na mesma espessura.

Depois da cicatrização da parte superior onde foi feito o corte, surgem duas ou três gemas em cada galho. Eles geram até três novos galhos para dar flores, ao invés de somente um, como estava antes da poda e assim sucessivamente.

A imagem mostra o caule de uma rosa do deserto. O biólogo indica com o caudex, de onde é contado os 10 centímetros para o corte.

Atenção: respeite as rosas do deserto enxertadas, faça a poda deixando 10 centímetros acima da marca do galho cavaleiro (veja o passo a passo no final do artigo).

Se a planta tem apenas um galho, preserve 5 centímetros acima do caudex antes de fazer o corte (como na imagem abaixo). 

Quando podar a rosa do deserto?

A poda da rosa do deserto pode ser feita uma vez por ano. A época mais indicada é setembro a março, pois é o período mais ativo da planta. 

Lembre-se que esta etapa é tão importante para boa formação e abundância de flores quanto o replantio.

Poda da rosa do deserto: passo a passo

Durante a poda das rosas do deserto, atente-se para a higienização em todo o processo. Esses cuidados ajudam a evitar a proliferação de vírus e bactérias ou o adoecimento das plantas. 

Há duas imagens: uma mostra um pano embebido na solução indicada no post, para higienizar a rosa do deserto antes do corte. A outra imagem mostra o biólogo higienização os caules da rosa do deserto.

Confira as dicas:

1. Faça uma mistura de 500 ml de água para uma colher de sopa de água sanitária. Em seguida, limpe o galho a ser cortado (como na imagem acima) utilizando um pano embebido no líquido preparado;

2. Escolha uma lâmina nova e faça a higienização com o líquido preparado antes do uso;

3. A cada corte, passe canela em pó no local para evitar contaminações.

As imagens mostra canela em pó colocada na rosa do deserto após os cortes, para ajudar na cicatrização.

Podas de rosas enxertadas

As rosas do deserto também amam podas bem drásticas, assim como rosas de espinhos cultivadas a sol pleno.

Apesar do gênero Adenium ser um tanto quanto variado – A. Obesum A. Multuflorum A. Somalense A. Arabicum A. Suazicum A. Boehmianum A. Crispum A. Oleifolium A. Socotranum –  os mais comercializados para cultivo doméstico são os enxertos de híbridos.

A imagem mostra a poda de rosa do deserto com lâmina.

Ao podar a rosa do deserto enxertada, respeite a marca do local onde está o galho cavaleiro.

Deixe, no mínimo, 10 centímetros acima da marca. Isso garante o aperfeiçoamento genético do pedaço com a cor desejada na qual foi enxertada.

“Se sua planta tem um galho único, de semente ou de enxerto, deixe somente 5 cm acima do redondo do caudex, onde termina a parte redonda”, recomenda Daniel. 

Higienização dos galhos após poda da rosa do deserto.

Poda de plantas grandes 

Para fazer a poda de rosas do deserto maiores, bem formadas, com mais de 5 anos e vários galhos, há algumas dicas certeiras. 

Veja também

A imagem mostra o uso da lâmina para podar rosa do deserto e o local do corte: 10 cm acima da marca do enxerto.

“O segredo é podar as terminações de todos os galhos respeitando as marcas de enxerto, caso seja uma planta enxertada. Mesmo que seja somente 1 cm do galho, por exemplo, já vai estimular e muito a nova brotação”, explica Daniel Barreto.  

Antes e depois da poda da rosa do deserto.

Podar a rosa do deserto com flor

Sim! “Ela virá com mais força, porque já está armazenando nutrientes para a florada que você tirou na poda. Não esqueça de fazer uma boa correção de solo e adubação. A poda é um fator indutor de novas ramificações de galhos.”

Rosa do deserto com flor vermelha e cultivada em vaso.

Retire as raízes aéreas indesejadas que saíram em volta do caudex maior (principal), porque  isso ajuda a engrossar mais ainda a ‘rainha do jardim’.

A mesma planta da imagem anterior aparece, mas sem a flor e com os galhos cortados após a poda.

Lua para podar rosa do deserto

Qual a melhor fase da lua para podar, enxertar ou replantar a rosa do deserto? Esta também é uma dúvida muito comum entre os amantes da planta.

Daniel conta que “fizemos alguns alguns experimentos em nosso viveiro. Atividades de poda, enxertia, alporquia, estacas e germinações realizadas na lua crescente sempre são melhores quando comparadas à lua minguante e nova. Comercialmente, costumamos dar prioridades para todas as atividades citadas na lua crescente e cheia. ”.

A imagem mostra 4 fotos de rosas do deserto: 1) cor vermelha; 2) branca e rosa; 3) pink e laranja; 4) em tom de roxo.

Assista o vídeo do Daniel Barreto no canal da Plantei Garden Center e saiba mais sobre a poda da rosa do deserto na lua crescente! 

Leia também

Comments

comments

Comentários (0)

Deixe uma rsposta

Your email address will not be published.


© 2020 Blog da Plantei. Todos os Direitos Reservados.
Voltar para o topo