Pesquise por hashtags, nomes, e assuntos Pesquisar

Como fazer as rosas do deserto florirem

Vira e mexe falamos sobre as rosas do deserto (Adenium obesum) por aqui. E não é pra menos, afinal, elas são sucesso absoluto quando o assunto é ornamentação e fazem a cabeça dos apaixonados por plantas.

E você sabia que essas adoráveis plantas podem manter-se floridas durante o ano inteirinho? Sim, é possível!

Porém em regiões de clima temperado é comum que a rosa do deserto perca folhas e entre em período de dormência durante o inverno. Isso não significa que ela não irá mais florir. Ela está apenas descansando para a próxima estação, a primavera.

Esse processo não dura muito e só acontece quando a temperatura está realmente muito baixa. Já nas regiões de clima tropical, é comum que elas presenteiem os cultivadores com lindas flores durante o ano todo.

E se você está se perguntando, “Mas existe algo a fazer para incentivar e estimular a floração?”, a resposta é SIM!  São duas as técnicas utilizadas para isso: adubação e poda drástica.

como fazer as rosas do deserto florirem

Poda drástica

No processo de poda drástica, é necessário eliminar todas as folhas e galhos da planta, distanciadas de cinco a quinze centímetros do caudex (tronco). E por que isso deve ser feito? Para incentivar novas brotações e fazer com que a planta entenda que precisa de novas folhas para respirar e realizar o processo de fotossíntese.

Nessa poda você poderá também dar formato à sua rosa do deserto. Uma copa mais achatada, arredondada, enfim, o formato que você desejar. Após a poda, começarão a aparecer as novas brotações, e logo em seguida os primeiros botões florais.

E aqui aproveitamos para fornecer uma dica super valiosa. Você pode aproveitar os ramos retirados na poda para fazer mais mudas por estaquia. Preparando novas mudas através desse método, você terá plantas e flores de forma bem mais rápida.

Se você quer entender mais sobre a estaquia, clique aqui e confira um conteúdo disponibilizado aqui em nosso blog sobre esse método de propagação.

Para realizar a poda é necessário utilizar tesouras ou facas afiadas e preferencialmente esterilizadas. Realize cortes limpos e precisos, evitando mastigar os ramos. Isso evitará o acúmulo de água no ponto do corte. Após a poda dos galhos, aplique um pouco de canela em pó no local. Ela funciona como fungicida natural e cicatrizante.

como fazer as rosas do deserto florirem

Posicione a planta podada longe do sol direto e depois de quatro dias, coloque-a para receber o sol da manhã. Quando notar novas brotações surgindo pode colocá-la novamente no sol pleno.

As rosas do deserto apreciam muito a luz solar podendo recebê-la durante o dia todo. Após a formação dos novos ramos a sua rosa do deserto começará a florir. Cuidando bem e em temperatura favorável, a floração continuará ocorrendo por muito tempo.

Adubações

O segundo método para estimular a floração é através de adubações. Os principais nutrientes para que a planta nunca deixe de florir são (em ordem de importância):

  • Potássio
  • Cálcio
  • Fósforo.

O nitrogênio deve ser utilizado em menor quantidade pois estimula o crescimento vegetativo da planta. Isso significa que ela se tornará muito alta e com ramos compridos, não dando a planta a forma característica tão bonita que conhecemos.

como fazer as rosas do deserto florirem

 Algumas sugestões orgânicas para serem utilizadas na adubação são:

  • Cascas de bananas
  • Farinha de ossos
  • Farinha de casca de ovos
  • Composto orgânico

É muito importante que após a adubação você realize uma boa rega. No entanto, é importante ter conhecimento de que as rosas do deserto não suportam excesso de água.

Faça as adubações quando o substrato estiver bem seco, e após realizá-las regue sem excessos. Seguindo essas dicas cuidadosamente, certamente você terá uma bela rosa do deserto florida praticamente o ano todo. Bora cultivar? Então mãos à terra!

mudas de rosas do deserto

Comments

comments

4 respostas para “Como fazer as rosas do deserto florirem”

  1. Minha mãe tem uma vou fazer a podação.

  2. Zélia Leão disse:

    Eu estava precisando dessas dicas as minhas rosas do deserto não estão florindo no momento.Obrigada

  3. Ângelo Dourado disse:

    Bom dia, moro em Belém do Pará, aqui chove bastante, muito mesmo… eu deixo minhas rosas do deserto em uma área coberta que pega o sol da tarde e quando chove, praticamente todos os dias, caem uns respingos que não deixam o substrato completamente seco. Elas só pegam mais sol nos finais de semana, quando fico em casa o dia todo. Você pode me dizer, por favor, se essa situação de não pegar muito sol, influencia na floração?
    Muito obrigado

    • lojaplantei disse:

      Influencia, e muito.
      Inclusive o substrato sempre úmido facilita o aparecimento de fungos e o apodrecimento do caudex.
      Procure deixá-las no sol o máximo que conseguir.
      O ideal é utilizar um substrato com areia grossa, carvão e pedra fina. Ele possibilitará máxima drenagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Feito por Nerau Studio