Lendo agora
7 plantas para ambientes fechados

7 plantas para ambientes fechados

plantas dentro de casa

Procurando ideias de plantas para cultivar em ambientes fechados, como salas-de-estar, escritórios e corredores? Elaboramos uma lista com 7 opções e apresentamos as preferências de luminosidade e frequência de regas. Confira! 

❗ Para que as plantas tenham um bom desenvolvimento em áreas internas, o espaço precisa receber boa iluminação – isso é diferente de receber sol direto – e um pouco de ventilação. 

Philodendron Pink Princess, jiboia prata, begônia asa-de-anjo. Imagens: Plantei Garden Center.
Philodendron Pink Princess, jiboia prata, begônia asa-de-anjo. Imagens: Plantei Garden Center.

1 – Philodendron Pink Princess

Essa é uma planta perene e cada uma de suas folhas é única, já que podem surgir em tons de verde e rosa. Demais, né? Para cultivá-la (compre aqui), utilize um vaso com furos e prepare um substrato rico em matéria orgânica. Não esqueça de colocar argila expandida no fundo, para facilitar a drenagem! 

Depois, escolha um local bem iluminado, mas que não receba sol direto. Regue de uma a duas vezes por semana, mas somente quando o substrato estiver totalmente seco. Tome cuidado para não encharcar o solo, porque pode prejudicar as raízes e o desenvolvimento da planta. 

🌱 Dica da Plantei: já conhece o tapetinho de plantio? Uma solução fácil e prática para auxiliar na hora de cuidar das suas plantas e evitar acidentes nas superfícies. Clique aqui e confira!

No canal do YouTube da Plantei Garden Center você encontra os conteúdos do blog em vídeo. Confira!

2 – Jiboia prata 

A Scindapsus Argyraeus é uma planta ornamental de folhas verdes com pontinhos prateados. Assim como as outras variedades de jiboias, é bem resistente e gosta de substrato rico em matéria orgânica e com boa drenagem.

Coloque-a perto de janelas, em prateleiras ou estantes que estejam em ambientes com bastante luminosidade. O efeito pendente é lindo! Lembre-se que as regas precisam ser regulares, principalmente no verão. Por isso, a dica é utilizar os vasos autoirrigáveis.

🌱 Dica da Plantei: o tutor Urban é o acessório ideal para amparar plantas trepadeiras ou rasteiras, verticalizando o crescimento. Além disso, são úteis para dar mais estabilidade às mudas ou variedades delicadas.

3 – Begônia-asa-de-anjo

Essa planta tem ganhado popularidade pelo uso ornamental, principalmente nos ambientes internos. Apresenta folhas alongadas, recortadas e pontiagudas, que são semelhantes às asas de anjos, por isso recebeu esse nome popular!

Prepare o vaso para a begônia-asa-de-anjo com substrato para plantio rico em matéria orgânica e escolha um vaso médio ou grande. Coloque em um local de meia-sombra, próximo à janela. Faça regas moderadas sempre que o substrato estiver seco. 

Os cuidados são simples: retire as folhas secas e adube com bokashi a cada 3 meses.

Compre online e recebe em casa:

4 – Peperômia Golden

Essa variedade gosta de sombra ou meia-sombra e de regas moderadas, por isso, é considerada bem fácil de cultivar. É recomendada para ambientes internos, como salas, escritórios e até banheiros, desde que recebam boa luminosidade. 

O verde brilhante das folhas é uma das características mais marcantes da peperômia Golden, que além de linda, é fácil de cultivar. Você pode colocá-la em um vaso oval no centro de mesa de jantar ou como ornamento nas estantes.

Quer conhecer outras variedades? Clique aqui e saiba mais sobre a peperômia rubra, caperata, melancia, scandens e marmorata!

5 – Zamioculca

A zamioculca é perfeita para ambientes internos, pois se adapta bem com alta e baixa luminosidade. Você pode cultivá-la em um vaso modelo alto ou no formato bacia/concha. 

Veja também
Samambaia tigre (tiger fern).

Como ela cresce bastante, para facilitar o manuseio, capriche na camada de argila expandida e compre um suporte com rodinhas! Faça regas bem moderadas, com intervalos de 15 a 20 dias. 

Plantas para ambientes internos - Guia prático para deixar sua casa mais verde

6 – Alocasia amazonica

A coloração verde-bandeira das folhas da Alocasia amazonica é sua principal característica! A planta aprecia espaços com boa iluminação, mas sem incidência de luz solar direta. Portanto, coloque o vaso sobre a mesa ou aparadores próximos às entradas de luz. 

Escolher o vaso adequado é uma etapa bem importante, já que cresce conforme há espaço disponível. Inicialmente, um cachepô de 15 x 20 centímetros é suficiente. 

Quanto aos cuidados, faça regas frequentes e mantenha o solo úmido. Para ter certeza, insira um palito de churrasco até o fundo do vaso e, se sair seco, é hora de regar!

Zamioculca, alocasia e costela-de-adão. Imagens: Floridis, Vouga Decor e Raiz.
Zamioculca, alocasia e costela-de-adão. Imagens: Floridis, Vouga Decor e Raiz.

7 – Costela-de-adão

Conhecida pelas belas folhagens verdes, Monstera deliciosa é muito popular nos jardins. É muito comum vê-la próxima às árvores e na ornamentação de canteiros. Mas a vantagem é que ela se adapta muito bem ao cultivo em vasos e demanda poucos cuidados.

A costela-de-adão gosta de ambientes bem iluminados e de meia-sombra. Portanto, evite os espaços que recebem luz solar direta durante muitas horas. 

As regas devem ser moderadas, sendo de aproximadamente duas vezes por semana. As podas de limpeza ou formação podem ser necessárias, principalmente se o crescimento for muito acelerado. 

Gostou das dicas? Na Plantei Garden Center você encontra kits completos para montar sua selva urbana. Clique aqui para visitar a loja ou baixe o app e confira todos os produtos disponíveis! 

Comentários (0)

Comentários encerrados


© 2013 - 2023 | Blog da Plantei. Todos os Direitos Reservados.
Voltar para o topo