Como plantar beterraba

Sem comentarios

      A beterraba olerácea (Beta vulgaris) é uma planta cultivada para o consumo de sua raiz primária e de suas folhas, que são muito nutritivas. A maioria dos cultivares têm raízes de cor vermelha ou vermelha-arroxeada, mas também há cultivares amarelos, alaranjados e brancos. Dos cultivares avermelhados também é extraída a substância betanina, utilizada como um corante vermelho para alimentos (é o corante E-162 encontrado em alguns alimentos industrializados, como alguns molhos de tomate e sorvetes).

      A beterraba olerácea, originou-se da espécie selvagem conhecida como beterraba-marítima ou beterraba-do-mar, que como o nome indica, é encontrada em regiões litorâneas da Europa, norte da África, sul da Ásia e nos arquipélagos da Madeira e Açores. Outras plantas cultivadas com o mesmo ancestral selvagem são a beterraba-açucareira, a beterraba-forrageira e a acelga.

      A beterraba-açucareira é cultivada para a extração de sacarose (o açúcar comum) ou para a produção de álcool. Sua raiz primária, que armazena o açúcar produzido nas folhas, é geralmente maior e mais longa que a raiz da beterraba olerácea, e pode ser branca ou amarelada.

      A beterraba-forrageira é cultivada principalmente para fornecer alimento para o gado, mas também pode ser consumida por humanos, especialmente se colhida ainda jovem. São geralmente plantas maiores que as oleráceas e suas raízes também podem ser brancas, amarelas, alaranjadas ou vermelhas.

      As beterrabas são plantas bienais, florescendo normalmente no segundo ano, embora não floresçam se não há um período de baixas temperaturas no inverno e um verão com dias longos.

httpt2.uccdn.comfrimages542img_quels_sont_les_bienfaits_du_jus_de_betterave_9245_orig.jpg

Sobre o clima

      Cresce melhor em clima ameno (temperatura entre 10°C e 24°C). Há cultivares que crescem bem em temperaturas mais altas, mas muitos cultivares, especialmente cultivares de beterrabas açucareiras e forrageiras, não crescem bem em climas mais quentes. Por outro lado, plantas bem desenvolvidas podem suportar baixas temperaturas e geadas.

Luminosidade

      Necessita de boa luminosidade, com pelo menos algumas horas de sol direto diariamente.

A respeito do solo

      A beterraba precisa de solo bem drenado, profundo, leve, sem pedras e outros detritos, fértil, rico em matéria orgânica e com pH entre 6 e 7,5. Em particular, o solo deve ser rico em boro para que as plantas cresçam melhor, de forma que este deve ser adicionado, se necessário, usando adubos que contêm boro ou adicionando bórax ao solo.

Irrigação

      Irrigue com a frequência necessária pra que o solo fique sempre úmido, mas sem que permaneça encharcado.

httpsbiosom.com.brblogwp-contentuploads201602beterraba.jpg

Plantio

      O que se planta são os glomérulos de frutos, cada um contendo algumas sementes, de forma que é necessário retirar o excesso de plantas quando as mudas estão com 5 a 10 cm de altura. Semeie a uma profundidade de aproximadamente 1 cm no solo, preferencialmente diretamente no local definitivo da horta, pois as mudas de beterraba podem facilmente sofrer danos. Ainda assim, é possível semear em sementeiras e outros recipientes. O transplante das mudas para a horta deve então ser realizado quando atingem aproximadamente 5 cm de altura, sendo que o transplante deve ser feito com cuidado para não danificar as raízes das mudas. A germinação das sementes geralmente leva de uma a três semanas, dependendo das condições ambientais.

      O espaçamento recomendado para os cultivares oleráceos de beterraba pode ser de 30 cm entre as linhas de plantio e 5 a 10 cm entre as plantas. Para os cultivares açucareiros, o espaçamento pode ser de 30 a 60 cm entre as linhas e 15 a 30 cm entre as plantas. Para a beterraba-forrageira, o espaçamento pode variar entre 40 e 100 cm entre as linhas e 15 a 60 cm entre as plantas, dependendo do tamanho do cultivar.

Tratos culturais

      Lembre-se sempre de retirar as plantas invasoras que estiverem concorrendo por recursos e nutrientes.

      Não deixe as raízes ficarem expostas, pois elas podem endurecer. Cubra as raízes que ficarem expostas com terra ou palha.

Chegamos então a colheita

      A colheita das beterrabas oleráceas inicia-se em 60 a 90 dias depois da semeadura. A colheita não deve ser muito atrasada, pois as raízes podem se tornar fibrosas.

      A colheita da beterraba-açucareira ocorre de 4 a 6 meses após o plantio.

httpsbaudavoeli.files.wordpress.com201209img_2591.jpg

Pronto para iniciar o cultivo de beterraba? Então mãos à terra! 😉

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *