Pesquise por hashtags, nomes, e assuntos Pesquisar

15 PANCs mais comuns para cultivar em casa

As Plantas Alimentícias Não Convencionais (PANCs), como o nome já diz, são as plantas pouco consumidas na alimentação, seja por falta de costume ou de informação. Muitas delas, inclusive, são descartadas por serem confundidas com pragas e ervas daninhas, assim como a rúcula, que era considerada uma planta invasora até algum tempo atrás.

Com o aumento da procura pela alimentação saudável e a tendência da dieta Plant Based, baseada no consumo de alimentos orgânicos e naturais, as plantas não convencionais ganharam destaque e estão sendo cada vez mais inseridas no dia a dia dos brasileiros, garantindo um cardápio variado e altamente nutritivo.

Felizmente, elas são fáceis de serem encontradas e podem ser cultivadas em casa. Para te inspirar, listamos as 15 PANCs mais comuns para produzir e consumir. Confira quais são elas!

1. Ora-pro-nobis

Usada como cerca viva e encontrada facilmente no estado de Minas Gerais, a planta é uma ótima fonte de fibras, proteínas e vitaminas. Ela auxilia no funcionamento intestinal e fortalece o sistema imunológico, promovendo saciedade e combatendo os radicais livres, que podem implicar em futuras doenças.

Com alto teor de proteína — aproximadamente 25% de sua composição —, as folhas e o caule da ora-pro-nobis podem ser consumidos em saladas, refogados, omeletes, massas e sucos!

2. Bertalha

Originária da Índia, a bertalha é uma trepadeira conhecida também como espinafre-indiano, que apresenta diversas propriedades medicinais e benefícios à saúde.

pancs mais comuns

A verdura verde-escura possui folhas ricas em nutrientes, como cálcio, ferro e vitaminas A, B, B2, B5 e C, que podem ser refogadas e utilizadas na preparação de tortas, sopas e saladas.

3. Beldroega

Facilmente confundida com “mato”, a beldroega é uma das PANCs mais comuns, consagrada por seus usos medicinais. Suculenta e rasteira, a planta apresenta pequenas flores amarelas e pode ser consumida cozida ou crua.

Além de ser uma rica fonte de ômega-3, recomendada para problemas cardiovasculares, apresenta propriedades diuréticas, analgésicas e anti-glicêmicas, fazendo jus ao seu famoso poder curativo.

4. Taioba

Também chamada de orelha de elefante por conta do formato de suas folhas, a taioba é uma das plantas ideais para tornar o cardápio mais nutritivo. Dentre os diversos benefícios que seu consumo apresenta, estão a melhora da visão, combate a prisão de ventre, fortalecimento do sistema imunológico e prevenção de anemia e osteoporose. Saiba aqui como cultivá-la.

pancs mais comuns

5. Jacatupé

Feijão-macuco e batata d’água são alguns dos nomes populares para a jacatupé, planta com propriedade diurética e antitussígena (contra tosse). A PANC é uma trepadeira com partes subterrâneas, lembrando as queridas batatas, muito utilizadas no cardápio brasileiro.

Porém, é importante saber que somente suas raízes, crocantes e levemente adocicadas, são comestíveis, e que as outras partes aéreas da planta são tóxicas e não devem ser consumidas.

6. Dente-de-leão

Quem nunca soprou um dente-de-leão para ver suas sementes voarem ao vento? Reconhecida como uma das PANCs mais comuns, o dente-de-leão possui uma poderosa ação digestiva, recomendada para tratamentos do fígado.

pancs mais comuns

O consumo da planta também apresenta vantagens, auxiliando na eliminação da urina, facilitando a digestão e abrindo o apetite, e pode ser feito por meio de chás, saladas, recheios de tortas e molhos.

7. Serralha

A serralha é uma planta muito parecida com o dente-de-leão, porém é possível diferenciá-las. Enquanto a primeira não tem caule e produz somente uma flor, amarela e grande, a serralha possui caule longo e desenvolve cachos de flores amarelas, também em formato de roseta.

pancs mais comuns

Conhecida por combater dores no estômago e desintoxicar o fígado, a PANC apresenta diversos nutrientes, vitaminas e minerais, e tem ação anti-inflamatória, anticancerígena e purificante.

8. Hibisco

O hibisco é uma PANC altamente nutritiva, com ação anticoagulante e cicatrizante, considerada uma das melhores fontes de ferro, deixando o famoso espinafre para trás. Suas folhas jovens, flores e sementes são comestíveis e podem ser consumidas cruas, refogadas ou cozidas. Saiba aqui como cultivá-lo.

pancs mais comuns

9. Peixinho

Também conhecida como lambari da horta, a planta é muito utilizada na decoração e na culinária. Suculenta e de cor verde-prateada, a PANC atua contra a tosse e irritações da faringe, além de apresentar ação microbiana e emoliente, amaciando e suavizando a pele. O peixinho da terra pode ser servido frito ou empanado, em pratos elaborados ou como petiscos.

10. Capeba

De sabor picante, a capeba é parente da pimenta do reino e pode ser confundida com o tapiá, uma planta tóxica. A PANC é muito utilizada para prevenir e combater infecções urinárias, assim como para atuar contra dores musculares, vermes e a anemia. Sua principal forma de consumo é por meio de chás ou saladas de folhas cozidas.

pancs mais comuns

11. Picão branco

Originário da América do Sul, o picão branco é uma das PANCS mais comuns de serem confundidas com erva daninha. Elas apresentam pequenas flores brancas, mas são suas folhas que possuem caráter medicinal.

Com ação anti-inflamatória e cicatrizante, a planta também é conhecida por desintoxicar e regenerar o sistema hepático. É consumida em forma de chá e pode ser usada externamente, em banhos a base da planta. A única restrição para o consumo do picão branco é para grávidas, pois pode restringir o fluxo de urina no organismo.

12. Folhas da batata doce

As batatas doces estão sempre presentes nas refeições do dia a dia. Mas você sabia que suas folhas são ricas fontes de nutrientes e antioxidantes? Quando cruas, podem ser tóxicas, mas refogadas, são totalmente seguras e saborosas.

pancs mais comuns

Elas apresentam ação anti-inflamatória, diminuindo o inchaço e auxiliando na perda de peso. Além disso, as proteínas presentes na folha ajudam a prolongar a saciedade, sendo ótima opção para tratamentos de compulsão alimentar.

13. Mangará ou coração de bananeira

O mangará, conhecido também como coração de bananeira, é a parte da planta em que nascem os cachos de bananas, retirado quando as frutas ainda estão verdes. Com formato de coração, somente a parte interna — que apresenta a mesma textura e coloração que a do palmito — deve ser consumida, imediatamente após ser retirada.

É rico em nutrientes e carboidratos, que dão saciedade e diminui a ansiedade. A planta também possui flavonóides, compostos bioativos que atuam contra os danos oxidativos e neutralizam os radicais livres.

14. Trapoeraba

A trapoeraba é uma planta alimentícia também muito confundida com erva daninha, por não necessitar de um solo rico para se desenvolver. De folhas e caules roxos, apresentam pequenas flores roxas, rosas ou azuladas, e são ricas em fibras e proteínas, com funções diuréticas, anti-inflamatórias e anti-reumáticas.

pancs mais comuns

Pode ser consumida em saladas, ensopados e refogados ou em forma de chá, eliminando as toxinas do organismo.

15. Azedinha

A azedinha, também chamada de erva-vinagreira, é uma das PANCS mais famosas dentre os entusiastas da dieta Plant Based. Como seu nome já diz, apresenta um sabor ácido característico e pode ser consumida tanto crua quanto cozida, em sucos, saladas, refogados, massas e sopas.

Altamente nutritiva, a planta é fácil de ser cultivada mas não deve ser consumida em grandes quantidades, pois possui uma alta concentração de ácido oxálico.

Adicionar as famosas PANCs, consideradas “matos de comer”, no dia a dia, é uma maneira inteligente e acessível de tornar a alimentação mais saudável. Mas lembre-se, caso você tenha uma dieta restrita ou sofre com alguma doença, consulte seu médico de confiança antes de consumi-las.

Outro ponto importante é sempre lavar bem as plantas antes de prepará-las, e não consumir PANCs cultivadas em locais poluídos ou desconhecidos.

Cultive suas plantinhas em casa. Acesse o site da Plantei e adquira sementes e mudas da melhor qualidade. Clique no banner e aproveite!

pancs mais comuns

Comments

comments

Posts relacionados

4 respostas para “15 PANCs mais comuns para cultivar em casa”

  1. Lucia disse:

    Vivendo e aprendendo. Adorei as dicas. Obrigada pelas informações. Aqui tenho o orapronobis, mas ainda novinho.

  2. Efuardo Daniel Tavares disse:

    Já conheço algumas é já faço o consumo de algumas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Feito por Nerau Studio