Lendo agora
Temperos naturais: 10 opções para usar

Temperos naturais: 10 opções para usar

temperos naturais

Os temperos naturais são boas alternativas para dar mais sabor aos alimentos, principalmente aos pratos salgados e as carnes. Eles podem ser adicionados na versão fresca ou seca, e em diferentes combinações, a depender da receita e do gosto de quem prepara.

O maior benefício de utilizar temperos naturais é diminuir o uso de opções industrializadas e também do sal. Afinal, o excesso de sódio na alimentação acarreta no aumento da pressão arterial e retenção de líquido.

Confira, abaixo, uma lista com várias opções de temperos para cultivar em casa e ter sempre à mão! 

1 – Alho

O alho é, sem dúvidas, um dos temperos mais saborosos e aromáticos da cozinha! Pode ser usado esmagado, picadinho, espremido ou até mesmo inteiro no forno ou dentro de algum caldo.

Rico em vitamina C e selênio, ajuda a manter a saúde da floral intestinal. Ele também combate os radicais livres e tem efeito anti-inflamatório. Sem contar que é uma delícia, né?

Quer aprender a cultivá-lo em casa? Clique aqui e aprenda com a gente. 

2 – Cebola


A cebola é perfeita para refogar diversos tipos de alimentos e, junto com o alho, forma a dupla ideal para trazer ainda mais sabor às refeições sem uso excessivo de sal.

Também pode ser usada crua em saladas, vinagretes e outros preparos. Até mesmo caramelizada fica deliciosa! 

A prevenção de doenças cardiovasculares e a inibição de fungos e bactérias no nosso corpo são apenas alguns dos benefícios trazidos pela cebola. Aprenda a cultivá-la em sua horta clicando aqui. 

horta em vasos - escola plantei

3 – Gengibre

  

O gengibre é muito utilizado em sucos detox e chás. De gosto característico, ele previne náuseas, dores de cabeça, enjoo, azia, resfriados e cólicas.

Possui um sabor levemente picante, e pode ser usado fresco, em caldos, picado, em massas, pratos de sabor forte ou até mesmo em pó, para dar um gostinho todo especial a peixes, legumes e carnes.

Veja aqui o passo a passo para cultivar gengibre em casa.

4 – Tomilho

O tomilho também é um tempero natural com propriedades antibacterianas e anti-inflamatórias. Suas folhinhas possuem aroma marcante.

Ele é ideal para o tempero de legumes e carnes. Se usado fresco, pode ser amarrado em um buquê que fica em infusão na panela ou forno. Mas, se for utilizado seco, o ideal mesmo é espalhar folhinhas pela comida para fugir do excesso de sal.

suportes para plantas
Hortas suspensas são ótimas opções para cultivar temperos naturais em casa.

Esse tempero pode ser cultivado facilmente, seja em hortas caseiras, verticais ou suspensas, como a da imagem acima. Neste post explicamos os cuidados necessários para plantar o tomilho. 

5 – Folhas de louro

As folhas de louro ajudam a deixar os pratos mais saborosos sem precisar do uso excessivo de sal. Além disso, deixam um aroma marcante nos alimentos.

Possuem propriedades antibacterianas e anti-inflamatórias, ajudam a prevenir doenças cardiovasculares e têm uma grande variedade de antioxidantes e contribuem para a digestão.

As folhas de louro podem ser utilizadas frescas, secas ou até mesmo em pó. Geralmente são colocadas em molho de tomate, no feijão, no arroz e nos conhecidos cozidos de carne.

6 – Cúrcuma (açafrão-da-terra)

O conhecido açafrão se parece com o gengibre, mas sua coloração amarelada é bem mais intensa. O sabor também é levemente picante e combina mais com pratos salgados do que com chás. 

Pode ser usado em legumes, carnes e com as combinações mais comuns, que são arroz e frango.

Os principais benefícios são o combate à depressão, à acne e até mesmo às doenças neurodegenerativas, como o Alzheimer. Além de tudo isso, a cúrcuma também auxilia na inibição da produção de gordura no organismo. 

7 – Páprica

Já ouviu falar nela? A páprica é cheia de vitaminas e possui ação anti-inflamatória. Ajuda a aliviar a dor, inchaço e é uma ótima fonte de antioxidantes.

A páprica é feita a partir do pimentão seco e, às vezes, defumado. Isso lhe dá um sabor ainda mais intenso, ideal para substituir o sal.

Existe na versão picante e doce. A versão picante ajuda a reduzir a pressão arterial e é utilizada principalmente em carnes. A doce, combina perfeitamente com legumes, no feijão e no molho de tomate.

Aprenda também:

Veja também
como plantar dália

👉 Como plantar pimenta?
👉 Conheça os tipos de pimenta
👉 Como cultivar pimentão?

8 – Mostarda

Ela é termogênica, ou seja, contribui para acelerar o metabolismo e, assim, a perda de peso, e também é repleta de oxidantes, fibras alimentares e ainda alivia problemas respiratórios.

A mostarda pode ser utilizada em patês, carnes, saladas, nos famosos e conhecidíssimos sanduíches e muito mais!

Apesar de não ser tão comum nas hortas caseiras, ela é uma planta de fácil cultivo, principalmente na fase de broto ou microverde

sementes de mostarda - lisa e microverde

9 – Sálvia

As folhas de sálvia são utilizadas como remédio caseiro para auxiliar no combate de vários males, como a ansiedade, a sinusite, o reumatismo e até mesmo cálculo renal, devido ao seu poder antioxidante, antibiótico e antibacteriano.

Já na cozinha, a sálvia é utilizada seca, fresca ou em pó, para realçar o sabor de pratos salgados como peixes, carnes, massas e molhos. Também é muito usada para preparar deliciosos chás. 

10 – Cominho

cominho

O cominho é rico em ferro, vitamina B1 e vitamina B2. Ele é ótimo para a pele, para a memória e, além disso, auxilia na desintoxicação do fígado.

As sementinhas usadas podem ser colocadas inteiras nos pães, por exemplo, mas também podem ser moídas em praticamente qualquer prato salgado. Elas proporcionam um aroma todo especial, de dar água na boca!

Gostou de conhecer todos esses temperos naturais? Você encontra tutoriais de como cultivar a maioria deles aqui no nosso blog. Basta digitar na barra de pesquisa o nome do tempero que deseja!

horta vertical

Comments

comments

Comentários (13)

Deixe uma rsposta

Your email address will not be published.


© 2020 Blog da Plantei. Todos os Direitos Reservados.
Voltar para o topo