Pesquise por hashtags, nomes, e assuntos Pesquisar

Por que os temperos são cheirosos?

           Você já pensou do porquê de algumas plantas possuírem aroma (plantas aromáticas) e outras não? A pergunta é simples, mas a resposta é um pouco mais complexa e vamos explicar direitinho aqui.

Vamos lá…

       O metabolismo de uma planta pode ser dividido em primário e secundário e as substâncias que eles produzem são chamadas de metabólitos. O metabolismo primário é essencial para a sobrevivência da planta, como fotossíntese e respiração. Já o metabolismo secundário não é essencial, ela pode sobreviver sem estes metabólitos, porém eles são capazes de aumentar o sucesso de sobrevivência e reprodução. E é neste segundo metabolismo que entram os óleos essenciais, quais estão presentes nos temperos que comumente usamos. São este óleos os responsáveis por imprimirem sabor e aroma característico, como na hortelã, manjericão e orégano.

         Não são todas as plantas que produzem estes óleos, das mais de 300 famílias botânicas existentes, somente alguns gêneros das famílias Myrtaceae (pitangueira, goiabeira, entre outras frutíferas), Lauraceae (canela, pau-rosa, entre outras), Rutaceae (limoeiros e laranjeiras), Lamiaceae (manjericão, hortelã, orégano, entre outros temperos), Asteraceae (artemísia, carqueja, entre outras), Apiaceae (salsa, endro, cerefólio, entre outros), Cupressaceae (ciprestes e cedros), Poaceae (capim-limão, citronela, entre outros), Zingiberaceae (gengibre, cúrcuma, entre outras) e Piperaceae (pimentas verdadeiras) os produzem.

shutterstock_69448459

Mas onde ficam estocados os óleos essenciais?

           Estes óleos podem ser encontrados em todos os órgãos da planta, com nas flores (laranjeira), cascas dos caules (canela), frutos (erva-doce), madeira (sândalo) e, mais comumente, nas folhas (hortelã, manjericão, entre outros temperos).

Qual é o benefício para a planta ter aroma?

       Os óleos essenciais podem ter várias funções para as plantas, dependendo do tipo de substância produzida, porém as mais expressivas são proteção contra pragas e patógenos (fungos e bactérias), inibição do crescimento das plantas vizinhas (alelopatia) e atração de polinizadores.

      Portanto, o fato de uma planta possuir aroma favorece não só a nós e nosso paladar, mas também a própria planta.

         Apesar disto, uma planta aromática pode não apresentar aroma e sabor, isto pode acontecer porque a produção destes óleos varia de acordo com o clima, estação, condições geográficas e período de colheita. Mas para o hortelão caseiro o que vai mais influenciar é a devida exposição ao sol (pelo menos 4h diárias de sol direto), rega moderada e maneira de colheita.

            Vale a dica: como os óleos essenciais são estocados em “bolsas” muito sensíveis, que rapidamente se rompem e volatilizam (evaporam), devemos manipular o menos possível o temperos durante a colheita e preparo culinário, senão acabamos liberando todo o aroma e sabor antes mesmo de consumi-lo 😉

575802_589789854364603_1923863242_n2

Seguem algumas dicas para o uso de temperos frescos:

– Se possível, rege umas horas antes as folhas da planta que irá colher, assim, se as bolsas dos óleos se romperem, dará tempo a planta restabelecer esta quantidade perdida e na hora do preparo você não precisará mais lavar.

– Não ferva o tempero, para aprisionar o aroma e sabor adicione o tempero fresco após desligar o fogo. Isto vale para o chá, não ferva as folhas, espere a água ferver, desligue o fogo e, somente agora, coloque as folhas e abafe por cerca de 10 minutos.

FOTO1_TEMPEROS_dicasjardimdeervas-500x340

Bibliografia:

Peres, L.E.P. Metabolismo secundário das Plantas. Disponível em: http://www.oleosessenciais.org/metabolismo-secundario-das-plantas/

Knaak, N. & Fluza, L.M. 2010. Potencial dos óleos essenciais de plantas no controle de insetos e microrganismos. Neotropical Biology and Conservation, 5(2): 120-132.

Comments

comments

0 resposta para “Por que os temperos são cheirosos?”

  1. Mary disse:

    Amei a informação, gostaria muito de ter uma horta. Como faço?

  2. Graça campos Teixeira disse:

    Adorei a explicação, sobre as plantas cheirosas. Eu tenho todas e não sabia muito como usar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Feito por Nerau Studio